monolito azul

Tentando desvendar o cinema, e, talvez, as outras coisas também.

Italo Lobo

Apreciador de humor, futebol, filmes, números, chocolate, dormir, comer, procrastinar, crônicas, livros de suspense/investigativos. Se ganhasse cada 1 real para cada asneira que diz ou escreve, não precisaria trabalhar.

dois terrores para assistir em 2016

Em um ano no qual muitos lançamentos interessantes dentro do gênero terror surgirão, dois largam um pouco na frente.


w1.jpg

A Bruxa (The Witch, 2015 – Robert Eggers)

Uma família, acusada de blasfêmia via tribunal, isola-se da comunidade, passando então a viver ao lado de uma floresta, numa casa isolada de tudo. A filha mais velha vive assustando seus irmãos caçulas, falando sobre a bruxa que habita na floresta. Mas será a bruxa somente uma lenda?

A Bruxa constrói desde seus primeiros instantes um clima de mistério, onde podemos temer o desconhecido. A tensão crescente e o ambiente muito bem filmado deixam o espectador apreensivo, imerso nos conflitos daquela família. Não espere aqui aquele terror recheado de sustos, mas estes, quando vêm, são de dar calafrios.

w2.jpg

Ainda que A Bruxa não seja desses terrores que marcam época e entram para a história, pode ser colocado tranquilamente no rol dos melhores do gênero desta década. A estreia oficial em território brasileiro está marcada para 3 de março.

w3.jpg

Invocação do Mal 2 (The Conjuring 2, 2016 – James Wan)

O diretor James Wan já provou que é um dos principais realizadores de terror atuais (se não o principal). Seu debute em 2004, com o criativo Jogos Mortais, é daqueles casos de filmes de terror que revigoram o gênero em sua época (algo que Pânico e O Sexto Sentido fizeram na década anterior). Em 2010, Sobrenatural nos entregou uma história de espíritos e assombrações de gelar a espinha.

Finalmente, em 2013, Invocação do Mal mostrou que um enredo clichê não impede um filme de ser ótimo. Baseado em fatos reais, o casal Warren, famosos demonologistas, é chamado para visitar a residência de uma família que tem sido assombrada por fenômenos sobrenaturais.

c1.jpg Imagem divulgada de Invocação do Mal 2

Exorcismo, possessão, são temas já vistos diversas vezes no cinema. Não há nada de novo aqui, mas a direção competente de Wan (a melhor de sua carreira até aqui), nos ambientes escuros e labirínticos da casa nos momentos de clímax do filme, não vai deixar indiferentes os que assistirem com a luz apagada. Aqui o diretor mostra por que deve continuar nos presenteando com mais filmes desse gênero tão difícil.

c2.jpg Imagem divulgada de Invocação do Mal 2

Após declarar que daria um tempo no terror, agora ele retorna esse ano com Invocação do Mal 2. Creio ser razão suficiente para esperar um filme digno.


Italo Lobo

Apreciador de humor, futebol, filmes, números, chocolate, dormir, comer, procrastinar, crônicas, livros de suspense/investigativos. Se ganhasse cada 1 real para cada asneira que diz ou escreve, não precisaria trabalhar..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/cinema// @obvious, @obvioushp //Italo Lobo