monólogos diálogos e discussões

Encontros (e desencontros) de ideias, coisas, pessoas, literatura, psicologia e cinema.

Luana Peres

Ser livre, leve e aberta as possibilidades. Já foi finita. Hoje, através dos seus escritos e delírios, preserva a pretensão de ser infinita e poder transformar o mundo

Mulher, você é livre!

Nossa sociedade sempre fez questão de reforçar o papel que devemos cumprir e o lugar que devemos estar. Para mulher, na maioria das vezes, o papel foi de submissão e o lugar, de preferência, abaixo de qualquer homem. Depois de anos de luta, é hora de gritar: Mulher, você é livre!


scaled_we_can_all_do_it_cinese.jpg

Mulheres não precisam saber cozinhar, assim como homens não precisam saber consertar o encanamento. Elas não precisam ser hábeis lavadeiras e passadeiras, assim como eles não precisam ser eletricistas e mecânicos. Não há no mundo uma lei universal que estabeleça papeis a um casal. Há, porém, a ideia jurássica de que num casamento homens e mulheres devam cumprir algumas funções essenciais para o bom andamento de uma relação.

Afinal, o que é um casamento? Um “negócio” em que as duas partes se “juntam” visando os excelentes benefícios que usufruirão umas das outras ou uma relação entre pessoas que se amam e se respeitam apesar de tudo? A sociedade, mesmo que “moderninha”, ainda carrega um romantismo exacerbado em que a figura da mulher perfeita se reduz a figura da mãe. Lava, passa, cozinha, cuida dos filhos...

1094764_4608992961881_1739261837_n.jpg

(A diferença é que, no imaginário masculino, ela, além de tudo isso, ainda é uma máquina de sexo incessante que não questiona muito e sempre faz as vontades do maridão)

Agora, imaginem vocês, a frustração dos homens ao constatarem que não se casaram com suas mães! Imaginem quando descobrirem que muitas mulheres não sabem pregar um botão, não acertam o vinco da camisa e não conseguem, minimamente, fazer uma saborosa carne de panela!

Imaginem a surpresa quando perceberem que algumas mulheres sabem mais sobre carro ou futebol do que eles próprios.

Imaginem quando descobrirem que elas não sabem fazer panquecas e que, pior ainda, não estão nem um pouco interessadas em aprenderem!

Não quero, com este manifesto, dizer que mulheres não podem cozinhar ou costurar, nem que homens não podem trocar lâmpadas ou pneus de carro. Quero dizer, apenas, que você pode e deve fazer o que quiser, seja homem ou mulher, desde que não desrespeite ou agrida o outro.

seja_livre.jpg

Assim, você é livre para ficar em casa cuidando as tarefas domésticas e dos filhos, como é livre para se dedicar a sua vida profissional. Você é livre para querer passar o domingo cozinhando para a família, como é livre para passar o dia num salão de beleza. Você é livre para escolher levar as roupas numa costureira, como é livre para fazer um curso de corte e costura.

1231251_4678442018064_410533656_n.jpg

Mulher, você é livre! Você pode escolher aprender o que quiser e não precisa se preocupar em ser uma exímia dona de casa para ser amada ou admirada! E tem mais, caso precise exibir mil dotes domésticos para conquistar um marido, melhor ficar solteira.

Antes só sendo você mesma, do que casada sendo o outro!

2697.jpg

(Eu quero aprender muitas coisas nesta vida e fazer carne de panela não é uma delas)


Luana Peres

Ser livre, leve e aberta as possibilidades. Já foi finita. Hoje, através dos seus escritos e delírios, preserva a pretensão de ser infinita e poder transformar o mundo .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// @destaque, @hp, @obvious, @obvious_escolha_editor //Luana Peres