monólogos diálogos e discussões

Encontros (e desencontros) de ideias, coisas, pessoas, literatura, psicologia e cinema.

Luana Peres

Ser livre, leve e aberta as possibilidades. Já foi finita. Hoje, através dos seus escritos e delírios, preserva a pretensão de ser infinita e poder transformar o mundo

PARE para ajudar!

Você já parou para ajudar alguém hoje?


1619239_405884126221594_826395837_n.png

Antes de reclamar por ter que ajudar alguém, deveríamos pensar que, antes ajudar mil pessoas do que precisar de uma delas. A vida segue basicamente num sistema de trocas e, neste sentido, eu quero ter o privilégio de sempre doar ao invés de receber.

Quero oferecer o assento para alguém mais cansado que eu.

O prato de comida para alguém com mais fome.

O copo de água para alguém com mais sede.

O abrigo acolhedor para alguém com mais frio.

O abraço afável para alguém mais aflito.

O sorriso sincero para alguém mais triste.

A palavra de esperança.

O toque de gentileza.

O amor incondicional.

O perdão transformador.

Por fim, um novo caminho, para alguém mais descrente e que se encontre mais perdido que eu possa ser ou estar.

Ajudar o tempo todo pode cansar?

Sim!

Mas a minha felicidade estará, principalmente, no esforço incansável de buscar ajudar o máximo de pessoas que puder e o quanto puder.

Porque quem recebe ganha, mas quem doa, sem sombra de dúvidas, ganha muito mais.


Luana Peres

Ser livre, leve e aberta as possibilidades. Já foi finita. Hoje, através dos seus escritos e delírios, preserva a pretensão de ser infinita e poder transformar o mundo .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @destaque, @obvious //Luana Peres