monólogos diálogos e discussões

Encontros (e desencontros) de ideias, coisas, pessoas, literatura, psicologia e cinema.

Luana Peres

Ser livre, leve e aberta as possibilidades. Já foi finita. Hoje, através dos seus escritos e delírios, preserva a pretensão de ser infinita e poder transformar o mundo

não quero um namorado

Quero uma pessoa que eu diga: vamos? E ela não hesite em dizer: VAMOS.


pedido-de-casamento-3.jpg

Eu não quero namorado. Não quero! Não quero status atualizado, aliança, almoço com família, fotos de casal, discussões por curtidas e peso na minha caminhada. Quero uma pessoa que eu diga: vamos? E ela não hesite em dizer: VAMOS.

C8PwYrAXgAAiRde.jpg

Quero alguém pra dividir o lanche, a conta, alguns dias, algumas noites e alguns sonhos. Quero a liberdade do querer e o privilégio do recusar. Alguém que ria dos mesmas piadas. Defenda as mesmas ideias. Discuta sobre as mesmas séries e não fale no meio do filme.

getty-couple-cooking-eggs_0.jpg

Quero alguém que não pense em tempo, distância e dinheiro. Alguém que durma no sofá, nos bancos da rodoviária, no colchão duro, no saguão do aeroporto (e não fique reclamando).

Alguém que aceite dormir até o meio-dia. Alguém que esteja disponível para uma trilha no domingo de manhã. Alguém que dance até o metrô abrir. Alguém que assista um clássico trash no sábado a noite. Alguém que chore junto num romance piegas. Alguém que fique indignado durante uma votação suspeita.

movie-night.jpg

Tem que gostar de animais. Árvores. Mar. Céu. Não pode ter medo! Tem que ter coragem... estar disposto a se jogar de cara, corpo e alma. Bom humor. Respeito. Empatia. Inteligência e aquela malemolência sacana são fundamentais.

dscf3716.jpg

Não quero namorado!

Quero alguém que seja o par no karaokê pra cantar EVIDÊNCIAS. O parceiro da sinuca. O companheiro na partida. O ouvinte de todos meus áudios infinitos. O cara da luta!

Tem que sacar de barulho. Sacar de silêncio.

unnamed.jpg

Sacar que a gente não quer ter dono. Sacar que a gente é mais feliz tendo um parceiro. E que, se por acaso, a gente quiser tirar fotos clichês com a família na entrega de uma aliança para postar nas redes sociais e atualizar o status, será por desejo mútuo e não por necessidade.


Luana Peres

Ser livre, leve e aberta as possibilidades. Já foi finita. Hoje, através dos seus escritos e delírios, preserva a pretensão de ser infinita e poder transformar o mundo .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// //Luana Peres