monólogos diálogos e discussões

Encontros (e desencontros) de ideias, coisas, pessoas, literatura, psicologia e cinema.

Luana Peres

Ser livre, leve e aberta as possibilidades. Já foi finita. Hoje, através dos seus escritos e delírios, preserva a pretensão de ser infinita e poder transformar o mundo

Não adianta usar máscara

Em tempos, o uso da máscara, bem como as demais medidas para impedir a disseminação do vírus adiantam até este ponto. O que quero dizer?
Bem, para além da contenção imediata da Covid - 19 há de se pensar nas bases que nos levam a este lugar de tantas possibilidades trágicas e, de certo modo, previsíveis.


Thumbnail image for trump-com-mascara-de-protecao-contra-o-coronavirus-21072020032038131.jpeg

Não adianta usar máscara

Por que o uso da máscara, o distanciamento e isolamento social não são medidas eficazes contra o coronavírus?

Em tempo, o uso da máscara, bem como as demais medidas para impedir a disseminação do vírus adiantam até este ponto. O que quero dizer? Bem, para além da contenção imediata da Covid - 19 há de se pensar nas bases que nos levam a este lugar de tantas possibilidades trágicas e, de certo modo, previsíveis.

Previsível por quê?

Segundo o pesquisador Pedro Fernando da Costa Vasconcelos, presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical (SBMT), “ainda não sabemos quantos agentes virais vão atingir esse patamar de pandêmicos, mas certamente outras pandemias por vírus até então desconhecidos devem ocorrer no planeta.”

“As ações humanas nas florestas facilitam o escape do vírus”

Em entrevista para a BBC News Brasil, a virologista Camila Malta Romano, do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, da Universidade de São Paulo (USP), coloca que “Se há alguma coisa quase certa em relação à atual pandemia é que ela não será a última que a humanidade vai enfrentar. Só não se sabe quando e de onde virá a próxima e qual seu agente causador, se um vírus, bactéria ou outro micro-organismo.”

Então, o que podemos fazer?

Além das medidas emergentes e necessárias, como:

  • Vacinação da população;
  • Uso de máscara;
  • Higienização correta de utensílios, equipamentos e ambientes;
  • Distanciamento social;

É urgente e imprescindível que possamos ir para além do que nos afeta no raso e começar a pensar as origens dos problemas que tanto nos preocupam. Deste modo, para que as bases que promovem parte dos nossos males sejam movimentadas, precisamos:

  • Rever nossa produção de lixo;
  • Extinguir (ou ao menos minimizar) o consumo de produtos de origem animal e consumo de carne;
  • Criminalizar e punir com rigor o comércio de animais selvagens;
  • Preservar espaços silvestres;
  • Evitar a degradação do meio ambiente de modo que toda escala de vida seja respeitada;
  • Investir em ciência e pesquisa;
  • Atuar de forma crítica e efetiva nas políticas ambientais;
  • Fiscalizar e cobrar pessoas e órgãos responsáveis;

Importante ressaltar que não há facilidade alguma em promover tais mudanças ou - ainda - qualquer tipo de interesse governamental que facilite estas práticas. No entanto, é preciso pensar: Não nascemos acabados e todos - sem exceção - são capazes de alcançar a mudança que a sociedade precisa para existir.

Veja as matérias completas!


Luana Peres

Ser livre, leve e aberta as possibilidades. Já foi finita. Hoje, através dos seus escritos e delírios, preserva a pretensão de ser infinita e poder transformar o mundo .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/sociedade// //Luana Peres