mosaico

Recorte de histórias a formar um composto textual

Ana Célia Ellero

Transformar o mundo real em palavras é utopia, mas escrevê-lo pode ser uma forma de, por alguns momentos, olhá-lo nos olhos.

Ilha chinesa é marcada por estátuas que contam sua história

Espalhadas por Shamian, estátuas de bronze retratam o passado e o presente da ilha


shamian 01.jpg

Shamian é uma ilha localizada na província de Guangdong, na China. O nome da ilha significa literalmente "superfície de areia" em chinês. A ilha é um local turístico, com vários hotéis, albergues, restaurantes e lojas que vendem objetos antigos e lembranças para os visitantes. Além de representar um pouco do cotidiano da ilha, estátuas de bronze estão espalhadas por Shamian, retratando a vida como ela foi no passado; no século 19, Shamian foi dominada pelo Reino Unido e pela França.

shamian 03.jpg

shamian 05.jpg

shamian 04.jpg

Entre as peças, há um trio de estátuas intitulado "Um cavalheiro, uma senhora e uma mulher costurando", que mostra um casal ocidental assistindo a uma chinesa cerzindo um tecido.

shamian 02.jpg

O lúdico é retratado em peças de xadrez espalhadas por uma praça, no jogo de bolinhas de gude entre um garotinho e uma garortinha, na professora de música que conduz seus alunos tocando um violino.

shamian 07.jpg

shamian 06.jpg

shamian 08.jpg

shamian 09.jpg

Também pode ser visto um trio de estátuas que retrata as mudanças na aparência e na estatura de mulheres chinesas, sendo colocadas próximas umas das outras três esculturas: uma delas representa a mulher dos tempos coloniais com um traje tradicional, outra simboliza uma mulher um pouco mais alta do início do século 20 e a outra mostra uma jovem chinesa relativamente alta e magra, vestindo short e falando ao telefone celular.

shamian 10.jpg


Ana Célia Ellero

Transformar o mundo real em palavras é utopia, mas escrevê-lo pode ser uma forma de, por alguns momentos, olhá-lo nos olhos..
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/recortes// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Ana Célia Ellero
Site Meter