mosaico

Recorte de histórias a formar um composto textual

Ana Célia Ellero

Transformar o mundo real em palavras é utopia, mas escrevê-lo pode ser uma forma de, por alguns momentos, olhá-lo nos olhos.

"Break Free": curta-metragem fala sobre gênero, sexualidade e estética em busca da liberdade

Em um curta-metragem de pouco mais de 5 minutos, cuja repercussão tem sido cada vez maior em vários países, a modelo e ativista LGBT australiana Ruby Rose mostra que quer ser ela mesma.


ruby 01.png

A modelo, DJ e apresentadora de TV australiana Ruby Rose é uma ativista LGBT que, apesar de se referir a si no feminino, não se define nem como homem, nem como mulher, mas como alguém que transita constantemente entre esses gêneros.

Ruby é responsável pela criação do curta-metragem "Break Free". Este busca ilustrar como definições do que é ser homem e do que é ser mulher vão além das classificações estabelecidas inicialmente quando alguém nasce.

ruby 02.jpg

O vídeo, conforme declarou Ruby, precisou de apenas de 48 horas após sua postagem para obter 60 mil curtidas, 45 mil compartilhamentos e 900 mil visualizações no Facebook. Desde então, os números não param de crescer.

ruby 03.jpg

ruby 05.png

A repercussão do curta-metragem de Ruby pode nos fazer acreditar que, talvez, nem sempre as questões de gênero e de sexualidade (no caso de Ruby, fortemente expressas em seu corpo e sua postura ativista) tenham sido tão amplamente discutidas e sinceramente expostas como nos dias atuais.

Abaixo, o vídeo com os detalhes icônicos que nos fazem refletir sobre o tema.


Ana Célia Ellero

Transformar o mundo real em palavras é utopia, mas escrevê-lo pode ser uma forma de, por alguns momentos, olhá-lo nos olhos..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/cinema// @destaque, @hplounge, @hp, @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Ana Célia Ellero
Site Meter