musical insane

Sons em trânsito

Irene Leite

Jornalista. Prestes a fundar um jornal de música e com um livro prestes a ser lançado , falta-lhe apenas a arvore e o filho. Apadrinha causas (imp)ssiveis e adora histórias de pessoas comuns, shoppings e supermercados.

Pessoa: “O poeta é um fingidor”

Fernando Pessoa é um autor do século XX, que se insere na corrente modernista e que marcou a literatura portuguesa pela visão do mundo sob diferentes ângulos, (daí a criação dos seus heterónimos) caracterizando-se por apresentar nas suas produções poéticas a temática da sinceridade e do fingimento.


fernando pessoa.jpg

Assim, a temática da sinceridade e do fingimento consiste num processo de intelectualização dos sentimentos, na qual estes são submetidos à razão e são transformados. Pessoa distingue diferentes tipos de emoções: a emoção sentida, a emoção fingida e a emoção lida.

A emoção sentida é verdadeira, sendo inicialmente transponível em palavras. Relativamente à emoção fingida, é a que é filtrada pela arte poética, sendo que o poeta tenta exprimir por palavras o que de facto sentiu, produzindo assim uma nova emoção, a emoção lida pelo leitor.

Deste modo, constata-se que a afirmação em Autopsicografia: “O poeta é um fingidor, finge tão completamente, que chega a fingir a dor que deveras sente”.

Contudo, é importante esclarecer que fingir significa transformar, mudar e que o eu lírico pode fingir no sentido restrito da palavra desde que a emoção inventada tenha sido submetida ao processo de intelectualização.

Constata-se , assim, o que Pessoa aborda em Quadras Soltas: “E minto, minto, [e que] penso com a imaginação; Não uso o coração", presente no poema "Isto", o que denota a posse por parte do poeta de uma inteligência sensível, tendo a necessidade de transpor as emoções e não apontá-las como sentidas.


Irene Leite

Jornalista. Prestes a fundar um jornal de música e com um livro prestes a ser lançado , falta-lhe apenas a arvore e o filho. Apadrinha causas (imp)ssiveis e adora histórias de pessoas comuns, shoppings e supermercados. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/literatura// @destaque, @obvious //Irene Leite