musical insane

Sons em trânsito

Irene Leite

Jornalista. Prestes a fundar um jornal de música e com um livro prestes a ser lançado , falta-lhe apenas a arvore e o filho. Apadrinha causas (imp)ssiveis e adora histórias de pessoas comuns, shoppings e supermercados.

Ajude-nos no crowdfunding da Ziggy Brown

Após um ano de escrita, uma editora apostou no nosso trabalho! Falo da Chiado Editora. No entanto, de forma a realizar este sonho, precisamos de reunir 1650 euros. E aí chega a vossa preciosa ajuda


PICT0004.JPG Texto/Irene Leite Ilustração/Ana Quirino

O meu nome é Irene Leite, sou jornalista e uma melómana assumida. Admiro profundamente o trabalho de David Bowie , Iggy Pop e Frank Zappa .

A Ziggy Brown nasce, sobretudo, de uma oposição ao álbum Ziggy Stardust and the Spiders from Mars.

Tal como Ziggy Stardust, Ziggy Brown tem 5 anos para salvar o planeta Terra, forma uma banda (de covers, Ziggy Brown and cat people from Venus), restando a seguinte questão: Será que a felina perde-se nos vícios do rock and roll, como aconteceu com Ziggy Stardust?

O livro foi aceite pela Chiado Editora. A primeira edição do conto “Ziggy Brown e os felinos de Vénus; a viagem de auto-descoberta” terá 500 exemplares, estará disponível em livrarias de todo o país (Portugal Continental e Ilhas) e também por encomenda em toda a rede de livrarias Saraiva (Brasil).

No entanto, precisamos de reunir 1650 euros para realizar este sonho, juntamente com a minha colega ilustradora, Ana Quirino.

De referir que eu e a minha colega demos em Janeiro uma entrevista sobre a Ziggy Brown para o programa Portugal 3.0, com Álvaro Costa, que apostou no nosso trabalho. Foi uma desafio interessante e o primeiro passo para divulgar o projeto.

Aqui segue o link:

http://www.rtp.pt/play/p1369/e141848/portugal-3-0 (episódio 8)

A nossa campanha de crowdfunding na plataforma ppl

http://ppl.com.pt/pt/prj/ziggybrown

Uma história de outro mundo…literalmente!

É belo modelar uma estátua e dar-lhe vida, mas é sublime modelar uma inteligência e dar-lhe liberdade.

Victor Hugo

Ziggy Brown e os felinos de Vénus, a Viagem de Auto-descoberta, encanta na sua simplicidade, no seu carácter musical e humor, ora não fosse este conto (também) influenciado pelo anime Dragon Ball.

É interessante como a partir de um álbum conceptual (The Rise and Fall of Ziggy Stardust and Spiders from Mars) se desenrola a intensa aventura de auto-descoberta de Ziggy Brown, uma extraterrestre muito especial, que no planeta Terra se deixa envolver numa sociedade que deambula cada vez mais entre o real e o virtual.

Curiosa nata, sempre procurou independência, tendo sido sempre travada pelo tutor, Captain Sakura. Aos 19 anos, Ziggy dá finalmente ouvidos à coruja Prometeus, que conta à lady Z que o tempo urge: ela só tem 5 anos para salvar o planeta Terra! Ziggy não acredita, mas como quer ir ver os seus ídolos (Iggy Pop, David Bowie e Frank Zappa) e experimentar a completa liberdade sem família, alinha nesta grande aventura de vir para outro planeta. Estará sozinha neste desafio?

E o resultado está aí: uma história deliciosa, com certo carácter autobiográfico, narrada num tom divertidamente coloquial, que vai captar a atenção do leitor.

Muito obrigada pela atenção e ajuda concedidas.


Irene Leite

Jornalista. Prestes a fundar um jornal de música e com um livro prestes a ser lançado , falta-lhe apenas a arvore e o filho. Apadrinha causas (imp)ssiveis e adora histórias de pessoas comuns, shoppings e supermercados. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/// //Irene Leite