musical insane

Sons em trânsito

Irene Leite

Jornalista. Prestes a fundar um jornal de música e com um livro prestes a ser lançado , falta-lhe apenas a arvore e o filho. Apadrinha causas (imp)ssiveis e adora histórias de pessoas comuns, shoppings e supermercados.

Inimigo Público Nº1: Akira

A primeira a aventura da Ziggy Brown ainda nem saiu cá para fora (já estivemos mais longe) e eu já estou a cozinhar mais dois contos: um (1999) dedicado à extraterrestre mais especial de sempre , e outro dedicado ao querido Akira. É dele que vou falar um pouco. Não me posso entusiasmar muito, pois pode sair toda a história. E isso não convém. Vamos ao desafio?


funny tigre.jpg

No conto Inimigo Público Nº 1: Akira pretende-se dar a conhecer o percurso deste tigre trapalhão, desde criança até à vida adulta (quando lhe é apresentada a missão de cuidar de lady z).

Abrindo apetites:

Akira nasceu a 9 de Fevereiro de 1955. Desde cedo foi uma criança bastante irrequieta. Seus pais, Kusuti e Anuko viam-se negros para acalmar aquele furacão. Adorava dançar e cedo começou com os seus provérbios malucos, algo que Ziggy Brown ia adorar uns bons anos depois. Mas desde cedo notou-se que era uma criança especial: pura, alegre e muito, muito trapalhona. “Ou vai ou racha”, dizia constantemente fazendo as alegrias da mãe, Anuko. Mas que imaginação. Adorava conquistar corações , mas para disputar a atenção e o amor das “tigresses” odiava o recurso à violência entre os concorrentes o que lhe valeria muitos problemas na adolescência. Um dia ia a sair das aulas e estavam um conjunto de tigres enciumados à sua espera. -wow, o que foi?, disse com o seu ar sempre bem humorado, -Ainda tens a lata de me perguntar o que foi? A Akurinata deixou de me ligar e tudo por causa deste imbecil que se refere às ladies como “tigresses”. Ora, haja paciência!, Mas eu perdi-a . Chega!

(…)

Posso-vos adiantar que o felino , dono do coração das "tigresses" . vai-se apaixonar o que vai tornar tudo ainda mais hilariante. Terá a companhia do seu fiel amigo (quem mais poderia ser?) : Captain Sakura.

Mais uma vez a música explica a história, e somos fieis aos gostos deste querido tigre: pop/rock dos anos 80.

Escorregadio? Ora, veremos!

Não perca os mais recentes desenvolvimentos deste projeto, nomeadamente a ilustração.


Irene Leite

Jornalista. Prestes a fundar um jornal de música e com um livro prestes a ser lançado , falta-lhe apenas a arvore e o filho. Apadrinha causas (imp)ssiveis e adora histórias de pessoas comuns, shoppings e supermercados. .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// @destaque, @obvious //Irene Leite