musical insane

Sons em trânsito

Irene Leite

Jornalista. Prestes a fundar um jornal de música e com um livro prestes a ser lançado , falta-lhe apenas a arvore e o filho. Apadrinha causas (imp)ssiveis e adora histórias de pessoas comuns, shoppings e supermercados.

Alô Alô Marciano!

Tudo começa quando Débora decide narrar a história da sua família. Pelo meio seguem os seus devaneios amorosos, incluídos em registo diário, uma espécie de muro das lamentações. Mas com humor à mistura.


marciano.jpg

Este livro é uma aventura muito divertida, pois refere-se a um desafio que coloquei a mim mesma em finais de 2014: o de escrever devaneios para a Débora. Sempre os Devaneios. E sempre o espaço. Há medida que vão explorando os meus livros vão assistir a mulheres que pouco ou nada conhecem do amor, e que se deparam com a explosão de sentimentos já um pouco tardiamente. Sempre com boa disposição à mistura.

Sob uma linguagem coloquial, descomprometida viajámos pela família Melo e culminamos nos desejos “inocentes” de Débora e que certamente vão divertir o leitor.

O livro é uma espécie de busca da felicidade longínqua . É uma das resoluções para 2015.


Irene Leite

Jornalista. Prestes a fundar um jornal de música e com um livro prestes a ser lançado , falta-lhe apenas a arvore e o filho. Apadrinha causas (imp)ssiveis e adora histórias de pessoas comuns, shoppings e supermercados. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/literatura// //Irene Leite