musical insane

Sons em trânsito

Irene Leite

Jornalista. Prestes a fundar um jornal de música e com um livro prestes a ser lançado , falta-lhe apenas a arvore e o filho. Apadrinha causas (imp)ssiveis e adora histórias de pessoas comuns, shoppings e supermercados.

Um hino à vida

Uma reflexão sobre a vida e o que realmente importa: a busca da paz e felicidade.


chaplin.jpg A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.

Charles Chaplin

Aqui está uma frase que é uma regra chave na minha vida. Mas nem sempre foi assim. O dia a dia é uma escola que se complexifica quando nos tornamos adultos e ambicionámos a independência.

Por vezes a vida não corre da maneira que desejamos, ou que planificamos automaticamente. Eu, por exemplo, era muito automática, até aos meus 20 anos, altura em que terminei o meu curso.

Estudar certinho, ter boas notas e arranjar um bom trabalho e mais tarde casar. Não é que o plano seja mau (claro que não). Mas também devemos relaxar, estar receptivos a novas experiências e estar mentalizados de que nem sempre o que planificamos se realiza. E mais, o tempo encarrega-se de proporcionar os "encontros adiados". Comigo tem sido assim. Depois conheci a fundo o provável grande amor da minha vida, a música e tudo mudou, para melhor, claro. .

Li um texto muito interessante que me chamou a atenção pelo seu titulo: part time , emprego; full time, felicidade. Ora não poderia concordar mais. A vida é demasiado curta para ensaios. Reforço.

Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário. Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas. Se achar que precisa voltar, volte! Se perceber que precisa seguir, siga! Se estiver tudo errado, comece novamente. Se estiver tudo certo, continue. Se sentir saudades, mate-a. Se perder um amor, não se perca! Se o achar, segure-o!

Fernando Pessoa


Irene Leite

Jornalista. Prestes a fundar um jornal de música e com um livro prestes a ser lançado , falta-lhe apenas a arvore e o filho. Apadrinha causas (imp)ssiveis e adora histórias de pessoas comuns, shoppings e supermercados. .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// @destaque, @obvious //Irene Leite