não matarás

O hediondo e banal

Paola Rodrigues

Concorda com Salinger, todos batem palmas pelas razões erradas

A ausência e a soma de Nydia Lilian

Fotografia por si só é comum. Os fotógrafos modernos se acumulam no Instagram, mas em raras ocasiões nos deparamos com forças da natureza, talentos escondidos em um mundo de contrastes, que nos preenche com a sensação de que pertencemos a algo maior que tudo.


59868dbf69a0ad51-DSC_2886_web.jpg

Em termos técnicos o preto é a ausência de luz e o branco a soma de todas as cores, ambos opostos encontram uma harmonia quase mágica quando bem empregados e nas fotografias de Nydia encontramos quase uma métrica entre contrastes, usados com destreza e balanceados com o talento desta jovem artista.

Em Monterrey, no México, no ano de 1985 nascia a fotógrafa que com tanta delicadeza faria de seu trabalho uma obra de arte. Sua visão está estampada nitidamente em cada imagem e nos vemos submersos num mundo entre o gelo e fogo, entre a ausência e soma, onde palavras nada são.

3ec052f52f721139-_DSC7572_web.jpg

4c773c5fab3ce306-DSC_2852_web.jpg

dcef365173cf6055-_DSC8579_web.jpg

PageImage-483484-3401618-_DSC5618_w (1).jpg

PageImage-483484-3232331-DSC_0076.jpg

PageImage-483484-3232342-_DSC2996.jpg

PageImage-483484-3232333-DSC_0005.jpg

PageImage-483484-3232332-DSC_0008.jpg

Site | Facebook | Instagram | Twitter


Paola Rodrigues

Concorda com Salinger, todos batem palmas pelas razões erradas.
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 3/s/fotografia// @destaque, @obvious //Paola Rodrigues