noites na taverna

Opcional, já que tudo é relativo !!

Reizimar Muniz

Autora do livro de poesias "Eu, Moderno". Adora cinema, livros e amigos. (simples assim!)

Inconcluso

Na falta do que não dizer,
escrevo uma poesia pra quem gosta de não sei o quê!!!


Inconcluso

Imagem:http://eruarte.blogspot.com.br/2013_06_01_archive.html amor euarte.png

Cada vez que eu me torno moderno, morro por você num sinal fechado.

sem saber que gosto tem o amor sóbrio, tornei-me viciado.

Não consigo respirar em paz, preciso da tua pertubação;

Um manuscrito de amor sem sentido que faço, é minha inspiração...

Grito, sou sim ignavo, patético, sou um mal criado!!!!!!!!

Sem rumo, sem freio, não sou de mim e não sou alheio

Odeio o mundo gigante que deveria ser apertado,

todo sem espaço nas ruas pra gente viver colado.

Só o teu perfume é capaz de dizer que você é real

Os teus beijos loucos e tua língua com gosto de carne crua,

só me fazem pensar que tu és apenas uma fantasia sem vergonha de estar nua.

E se eu fosse normal, eu diria te amo, e diria absurdo como se eu fosse romântico e obtuso,

mas não me caibo em lugares e verbos: Indigestamente sou inconcluso.


Reizimar Muniz

Autora do livro de poesias "Eu, Moderno". Adora cinema, livros e amigos. (simples assim!) .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/// //Reizimar Muniz