o alambique

Efeito que no óbvio transborda.

C.C.S Alvarenga

Pratica futebol de mesa e é interessado em traduções.

SARTRE e BEAUVOIR...

"Para conhecer suas limitações, seria necessário poder ultrapassá-las: é como saltar por cima de sua sombra" S.B.

"Quando, alguma vez, a liberdade irrompe numa alma humana, os deuses deixam de poder seja o que for contra esse homem." J-P.S


Ah!... Aquele pandeiro chamuscado, afinado no sol, vela acesa nos séculos, uma rima fácil, um samba, assim, super-bacana, sacana. Ah!... "vida besta meu deus", assim tão sem propósito em seu próprio ritmo, com hora para tudo, a dor o amor, a morte a chegada, o nascimento a imortalidade, sim...

jean-paulsartre.jpg

A vida é antes a ideia de estar... Ah!... Só se for agora e sempre para a vida reinventar e recomeçar sempre nela mesma e nunca finda... Ah!... Essa volta do tempo, essa malemolência tranquila do mar, essa coisa de ser sã...História de mil rotas e paisagens, de passaportes e retornos, passagens e temperamentos... Essa coisa, assim, de amar, SARTRE e BEAUVOIR... Descaração? que nada..." o seu amor, ame-o e deixe-o ir aonde quiser, ser o que ele é... livre para amar."

Tombe_de_Sartre_et_Beauvoir.jpg

E além de ser a suprema arte de estar vivo, o amor, ah!... Se não fosse por ele e nossas loucuras, seriamos apenas mortos adiados, e se um poeta escreveu que "artistas não amam e se amam, fingem muito bem" talvez tenha lá sua razão, se o amor é uma arte, e o é, então os artistas e filósofos, esses, sim, filhos da ficção, da grande ficção do mundo real, são os melhores nesse sentido.

foto1_01032008170544.jpg

Essa, história, é só por um motivo, meu caro ou minha cara, "A vida não é brincadeira, amigo/A vida é arte do encontro/Embora haja tanto desencontro pela vida/Há sempre uma mulher à sua espera/Com os olhos cheios de carinho/E as mãos cheias de perdão/Ponha um pouco de amor na sua vida/Como no seu samba"

(...) tumblr_lop57sw5Kk1qk8tqwo1_1280.jpg

Ah!... Esse obelisco de palavras...Essa nuvem... Esse sal da minha pele em seus cabelos... Ah!...Cansaço de não ser mais feliz, nem melhor... Ah!... Cansaço de ser só literatura, só literatura... Ah... Vida... Dimensão absurda de fatos...

ClaudeLanzmannSimonedeBeauvoirSartre.jpg

Meus contemporâneos, condiscípulos, conterrâneos deste planeta que me habita... Se possuísse razões para a ação que ora realizo, não seriam aquelas pelas quais tal atitude se realiza. E daí? Trazemos o caos na algibeira e nos encontramos com o que vive a nossa espreita...


C.C.S Alvarenga

Pratica futebol de mesa e é interessado em traduções. .
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/Filosofia// //C.C.S Alvarenga