o alambique

Efeito que no óbvio transborda.

C.C.S Alvarenga

Pratica futebol de mesa e é interessado em traduções.

Pollock, gotejando no abismo.

Atencioso na leitura de uma tradução de Mauro Pinheiro, da obra L' Homme Au Chapeau Rouge, Editions Galimard, 1992, de Hervé Guibert, lançada pela José Olympio em 1996, sob o título O Homem do Chapéu Vermelho, pus-me a enveredar-me pelo universo das artes plásticas que nos traz o livro do francês, falecido em 91 vitima da Aids. A obra parte de um par de manuscritos que o autor, aos 36 anos, havia deixado. Páginas recheadas de tensão e suspense que reencarnam um drama policial sobre obras de arte, desaparecimentos, marchands, colecionadores e artistas.


"On the floor I am more at ease, I feel nearer, more a part of the painting, since this way I can walk around in it, work from the four sides and be literally `in' the painting." J.Pollock

tumblr_kv2h4j2mzk1qz6iw2o1_500.jpg

Agora o que nos interessa é a primeira referencia plástica que o autor nos deixa, como uma pista e nesse caso trata-se de Jackson Pollock(1912-1956), expressionista norte-americano que retrata sua realidade existencial através de uma técnica muito peculiar, o gotejamento. Influenciado pelo muralismo mexicano(Rivera e Orozco)sua obra se desdobra no "dripping" e esse gota a gota de cores nos remete ao alcoolismo vivido pelo pintor, que criativo em seus métodos como a abstenção de pincéis e cavaletes na composição de suas obras, com timbre surrealista e original inspiração. Sua vida chega ao fim num trágico acidente de carro em 1956.

pollock.eyes-heat.jpg

pollock.moby-dick.jpg

pollock.moon-woman.jpg

pollock.key.jpg

"A pintura é uma autodescoberta. Todo bom artista pinta o que ele é." Jackson Pollock


C.C.S Alvarenga

Pratica futebol de mesa e é interessado em traduções. .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/PINTURA// @destaque, @obvious //C.C.S Alvarenga