o eremita laranja

Sublimações, bar e restaurante

San Ramon

... E um Mai Tai, por favor.

Gulf-Stream

Uma balada de catástrofe


depositphotos_15725755-Ancient-demonic-theater-ink-woodcut.jpg

V

O ouro! O ouro! Excelente coisa! É do ouro que nascem as riquezas! Por ele é que tudo se faz no mundo, e o seu poder basta muitas vezes para enviar as almas ao paraíso

Cristóvão Colombo

Nos anais oficiais a causa matriz das hostilidades que poriam início a Guerra fora o falecimento, ou melhor, a falência da Gentil-Empresa Antarta Ltda. Antarta, proprietária em uso de todas as reservas de mineração da Galáxia, partia em moratória inúmeras holdings e sucursais herdeiras e reclamantes de seus dividendos e posses. Combatentes empresas, subsidiárias de nações e sociedades, lutaram entre os planetas com exércitos de soldados, e advogados. Grandes lutas como o Processo de Toninho contra Lua e a batalha de Gradiente-Avon. Armas e papeladas. Arcanos e clausulas.

Sem vencedores. Ou credores. Nos anais oficiais. Extraoficialmente, entretanto, no dizer de uma guerra fria diplomática, a Gregados S/A e a CIA Azul e a Empreiteira Galáctica Santos-Sousa compartilharam em bons números de caixa os despojos de guerra. As três dominariam o espaço como outrora Antarta.

Com tais pensamentos o detetive adentrava o salão de ópera de Gulf-Stream, o resort em meia-órbita de Saturno – adentrada, defenestrava como um cometa. Um paraíso elegante, reservado das disputas do mundo, entranhado de orgulho no silêncio vazio. Gulf-Stream de propriedade da CIA Azul, alocada pela Gregados em território da Santos-Souza, uma Suíça. Em um só impacto despedaçando o lugar para o desespero dos convivas e funcionários.

- Santo Satã! Mas, mas, graciosa entrada, graciosa entrada, meu senhor. Senhor, céus, recomendado por...

- Ninguém. Sou o detetive particular Brás Valdocaso, o náufrago do ônibus espacial explodido lá naquelas bandas de detritos que dão pra Terra, um entrão, um invasor, uma bala de entanho que despedaçou a proteção gravitacional do seu resort, no melhor dos casos um intruso.

- Como...

O impertinente penetra, o detetive, segurava o cabo da espada. Armadura espacial lanhada, quebradiça de resistir magia em espaço nulo por quilômetros hipotéticos em sentido variado.

- Tudo que você precisa fazer é encontrar a Senhora Cássia Stavros. Sei bem que ela está aqui em local seguro, ou devo dizer descansando suas forças, desconsolada pela vil morte de seu marido possivelmente premeditada por ela mesma em pérfido coluio de crime industrial. Temos poucos minutos.

- Engana-se, senhor. Stravos, aquele pequeno anão suábio fez por merecer sua morte.

A viúva. Não-anã. Uma bela silhueta feminina de 1,80. Uma beleza ideal, beleza real, entre os gritos e o desestabilizar da nave.

- Senhora.

- Senhor.

Entreolharam-se com vivo interesse enquanto pela fenda criada pelo detetive convivas, mesas, cadeiras, robôs e violinos vazavam para o espaço sideral em desespero.

E o resort, belo e altivo, caía desordenado pelos Anéis.

I: http://lounge.obviousmag.org/o_eremita_laranja/2015/06/um-funeral-para-um-anao.html II: http://lounge.obviousmag.org/o_eremita_laranja/2015/06/regras-de-exclusao.html III: http://lounge.obviousmag.org/o_eremita_laranja/2015/06/lavell-o-bardo-androide.html IV: http://lounge.obviousmag.org/o_eremita_laranja/2015/06/perdido.html


San Ramon

... E um Mai Tai, por favor..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/literatura// //San Ramon