o eremita laranja

Sublimações, bar e restaurante

San Ramon

... E um Mai Tai, por favor.

Monstros Marinhos

Um breve retrato da solitude


Leviata X Behemot p.jpg

Quando se mora sozinho o barulho da TV é uma quebra d'silêncio. Quase um diálogo. A água levada ao rosto, relaxar dos músculos, música dos falar e os sons na cabeça. O mundo diminui: ferve o bule, sorverá o café, chuva lá fora, calha guia, guaraná pano sujo de caju preciso comprar uma banheira. Preciso ler os cadernos. Alguém lá fora precisa mesmo de um guarda-chuva, a vida corre sem rumo em uma noite de chuva. A chuva, lava o mundo. A toalha seca o cabelo. No espelho: o reflexo. Um pensamento. É-se o rosto da rua, ou um rosto lavado?


San Ramon

... E um Mai Tai, por favor..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// @obvious //San Ramon