o grito mudo

sobre tudo aquilo que carrego em mim

Mariana Carolo

a dona de mil galáxias

As fotografias de Lewis Carroll

Uma faceta pouco conhecida e que diz muito sobre a personalidade deste que foi um dos maiores criadores de fantasias da modernidade.


Charles Lutwidge Dodgson (1832-1898), atualmente mais conhecido pelo pseudônimo de Lewis Carroll, foi um professor de matemática de Oxford que escreveu um clássico da literatura infantil universal: “Alice no país das maravilhas”. Contudo, as letras e os números não eram os únicos talentos do mesmo. A fotografia também foi uma de suas grandes paixões.

lewis-caroll_7798.jpg Charles Lutwidge Dodgson por Oscar Gustav Rejlander, 1863

Carroll, ao que consta em seu diário, bateu a sua primeira imagem no ano de 1856. Fato que foi repetido centenas de vezes nas décadas seguintes. Cabe destacar que o ar natural de seus modelos o coloca entre os retratistas ingleses do século XIX que transcenderam as limitações técnicas de então.

lewis-carroll.jpg Lorina, Edith e Alice Lidell, 1858

Jovens meninas eram as personagens preferidas da lente de Charles Dodgson. E a mais famosa delas foi Alice Lidell, que teria sido a musa inspiradora de “Alice...”. A foto mais conhecida da mesma, em andrajos e com um olhar fixo e provocante, é perturbadora e até hoje provoca polêmicas.

lewis carroll 2.jpeg Alice Lidell vestida de mendiga, 1858

Há uma imensa controvérsia em cima deste e de outros retratos de Carroll por, atualmente, vivermos numa espécie de pavor coletivo contra o mal que é a pedofilia. Porém, apesar de realmente ter sido bastante suspeita a sua obsessão por garotinhas, o escritor, em seus registros, argumentava que as via como seres angelicais, puros e sagrados. Além disso, ele afirmava que só se sentia livre da gagueira e do seu andar claudicante na presença delas.

Lewis-Carroll-Xie--Alexandra-Kitchin-as-a-Chinese-tea-merchant---off-duty--1873-250219.jpg Xie (Alexandra) Kitchin vestida de chinesa, 1873

Vários foram os motivos que levaram Lewis Carroll a abandonar a arte da fotografia no começo de 1880. O escândalo que seus instantâneos começaram a fermentar em Oxford, fazendo o professor ser hostilizado pelos pais das suas modelos, foi a principal razão. O advento da técnica do colódio seco também contribuiu para a sua aposentadoria. No entanto, é de se notar que o casamento de Alice Lidell foi por essa mesma época... Logo, foi como se a adoração de Carroll por ela, que se tornara proibida, e a paixão pela fotografia tivessem se extinguido em um sopro.

P.S: A editora COSACNAIFY publicou uma coletânea dos retratos de Lewis Carroll. Tal catálogo faz parte da coleção Photo Poche, concebida por Robert Delpire, em 1982, na França.


Mariana Carolo

a dona de mil galáxias.
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/Fotografia// @destaque, @obvious //Mariana Carolo