o olhar amor na arte após o fim da arte e da filosofia

Veja ao seu redor - a saída existe e está em tudo e em todos nós

Contreraman

Antes:
E as coisas que continuam já se foram. E as que se foram continuam para nunca terminarem. Até um fim que nunca vem.

Depois:
Vale o que tem amor.

MAIS 100 REGRAS EMPÍRICAS DO AMOR

Discorda? Entre em contato!


11800426_488436344666397_6947021306128545652_n.jpg101ª regra: Ninguém é mais corajoso do que aquele que ama

102ª regra: Para que ter razão se você ama?

103ª regra: Sempre compensa amar quem não te ama; nem que seja para motivar essa pessoa a amar a si mesma

104ª regra: Todos que amam vivem mais; tanto em anos, intensidade, integridade e no coração alheio

105ª regra: Todo grande líder amou demais e ganhou o mundo em troca

106ª regra: Por detrás de todo grito de cuidado, existe um amor infinito

107ª regra: Se o sexo soubesse o que é o amor, deixaria de se vender como tão relevante

108ª regra: A mais bela das pessoas é aquela que de repente se vê amando

109ª regra: Não que o amor mova montanhas; o amor é a própria montanha

110ª regra: Amar demais promove entrega absoluta por parte do amado, e esta, a quem é humano e segue princípios, conduz a perdições infinitas. Amar exige a maior renúncia, que é a de amar somente quem preenche inteiramente nosso coração. A grande maioria passa a vida buscando ilusões

111ª regra: Se você diz que ama e não se preocupa, não ama

112ª regra: Ninguém conseguiu alcançar o grau de exigência de amor que Jesus estabeleceu para o Universo

113ª regra: O “alimento” a que Kafka se refere em “Um artista da fome” é o amor

114ª regra: “Relações perigosas” trata de tudo, menos de amor

115ª regra: Quem ousa se deixar influenciar por aparências, morre em busca delas, estando rodeado por amor por todos os lados

116ª regra: Homens tendem a buscar algo que os satisfaça de imediato, e isso faz com que percam a atenção e não consigam, muitas vezes, reparar naquilo que realmente importa – e que pode torna-los efetivamente felizes: o amor

117ª regra: Homens muito fortes, moral, emocional e racionalmente, são disputados por mulheres que muitas vezes nem sabem o que querem, e que acabam se derretendo desproporcionalmente, atraindo as vontades que aqueles homens, que apesar de fortes são ainda homens, tendem a recusar por um ideal realista (família, filhos, fidelidade) que muitas mulheres acabam assim desmerecendo. E esse ideal é simplesmente o amor

118ª regra: Dizendo que são mais tendentes à fidelidade que os homens, mulheres de diversos tipos e níveis forçam os homens a escolherem a via mais fácil, o sexo, na medida em que qualificam como fraquezas qualidades que faz dos homens seres sensíveis e incrivelmente poderosos (na acepção real do termo)

119ª regra: Se o homem começa a refletir sobre o amor, tende-se a imaginá-lo como idealista, quando na verdade ele sabe que sem amor nada realmente compensa – a curto, médio ou mesmo longo prazo

120ª regra: Homens mais velhos atraem tanto quanto causam certa repulsa; em geral, as mulheres calculam se vale a pena ceder de uma forma para ganhar de outra, e no geral não são os atributos de inteligência ou mesmo sabedoria que mais contam, senão o que torna o homem ainda usável no sentido machista e aproveitável em termos de companhia

121ª regra: A realidade é que poucos estão dispostos a pagar o preço de um amor exigente, rigoroso, amoroso e fiel

122ª regra: Amar é abrir novas portas à sensibilidade a todo momento

123ª regra: Amar não tem sexo nem idade, nem saúde ou doença

124ª regra: Amar constrói e destrói liames, e nunca sabemos o que efetivamente acontece, a não ser que é amor

125ª regra: O amor, apesar de sempre ser um sentimento delicado, é sobremaneira grosso por lidar com liberdade, igualdade e algo que não consigo definir e que só consigo expressar com respeito acima de qualquer critério específico derivado de vida em sociedade

126ª regra: O amor gera somente milagres

127ª regra: Tudo, em amor, surge de repente

128ª regra: A maior questão, em qualquer amor, está na entrega

129ª regra: A maior força, no amor, vem de dentro. “Quem de vocês, meus amigos, minhas amigas, conseguiria imaginar o que significa abrir um coração feito de titânio, à força, com amor, simplesmente com amor?”

130ª regra: Amor, amor mesmo, não se disputa

131ª regra: Amar supõe esperar, mas antes de mais nada perceber que o tempo corre, e que não somos apenas nós (mas o ser amado também) que o fazemos

132ª regra: O amor acontece com quem não tem dúvidas ou com quem trabalha sabendo que elas no fundo mal existem (colab. Paola Barbosa)

133ª regra: Quando se ama, de repente começam a surgir imagens da pessoa em tua mente

134ª regra: Quando você ama, busca acertar em tudo, mesmo sabendo que não tem tanta ou mesmo nenhuma importância

135ª regra: Quanto mais se ama, há sempre novas verdades no rosto do ser amado

136ª regra: Quem ama sempre se preocupa mais e ao mesmo tempo menos; mais porque pensa nela/e, menos porque sabe que ele/a está lá

137ª regra: O amor encurta as distâncias que nos aproximam de nós mesmos

138ª regra: O preço do amor é nossa entrega efetiva por uma promessa

139ª regra: O tempo parece não passar quando a prospecção para o amor acontece

140ª regra: Quanto mais camadas avançamos no espírito do outro, estando o amor em questão, mais nos surpreendemos com as belezas que encontramos e com o ineditismo dos rochedos que precisamos destruir com delicadas bananas de dinamite sustentadas apenas em nossa total confiança

141ª regra: O amor não parece cansar, seja qual for a situação envolvida

142ª regra: Quando a pessoa amada nos abre portas com sensações, sentimo-nos perder o equilíbrio em vertigens; passado o susto e digerida a beleza da revelação, o que pode levar anos, entramos numa acomodação, mas, se o amor continuar, esperamos insistentemente por novo precipício; entramos num redemoinho novamente, então, e quando saímos queremos entrar nele de novo

143ª regra: Quem realmente se revela percebe tantas camadas na outra pessoa, em quase simultâneo, que parece afundar-se no universo, e quando se dá conta, e ama, parece que em seu lugar foi criado um buraco que somente o outro consegue preencher

144ª regra: Aquilo que evitamos, no caso aqui, o amor, sempre acaba nos perseguindo

145ª regra: O verdadeiro amor faz com que a gente se encontre. Se não é isso que acontece, então alguma coisa está errada

146ª regra: Quando o amor acontece, tudo parece conspirar a seu favor. Quando isso não acontece, pode ser necessário pensar melhor e reparar naquilo que realmente se sente

147ª regra: Em questões de amor, às vezes nada parece simples; mas ao mesmo tempo, aguçando o olhar, tudo é perfeitamente claro

148ª regra: Na prática, muitas questões relativas ao amor se resolvem em termos de tempo e espaço

149ª regra: Quem não ama a si mesmo com todo o seu coração, não consegue amar outra pessoa – e às vezes nem mesmo um animal ou a vida em geral

150ª regra: Os princípios do amor estão dados em qualquer pessoa; se a pessoa não os sente, não pode ser considerada como tal

151ª regra: O maior obstáculo ao amor é o medo

152ª regra: Todo aquele que coloca um objetivo à vida maior que o amor não sabe o que faz e pode ser considerado clinicamente morto

153ª regra: Os animais geralmente sabem melhor que as pessoas o que é realmente o amor

154ª regra: Amor é instinto, mas para se efetivar na vida de um animal racional, como o homem, precisa ser envernizado diariamente com a consciência

155ª regra: O amor verdadeiro gera paz

156ª regra: Nenhuma criação artística é suficientemente genial para expressar sequer parte do que é efetivamente o amor

157ª regra: O amor começa por fora e entra na pessoa até lugares que ela mesma jamais imaginaria que existissem

158ª regra: Geralmente, as pessoas amam melhor quando menos ouvem falar a respeito

159ª regra: Pessoas simples amam muito mais do que se imagina

160ª regra: Criança que é criança sempre ama

161ª regra: Se o amor é verdadeiro, nada consegue matá-lo; isso não significa, porém, que a pessoa que ama precise realmente se acostumar a situações absurdas; tudo tem limite

162ª regra: Se falar sobre o amor é absurdamente cansativo (as chamadas DRs, discussões de relação), amar não cansa absolutamente nada

163ª regra: Quando é preciso conversar mais sobre o amor do que efetivamente amar, é sinal de que pode haver alguma coisa errada

164ª regra: Basta ver uma criança andando que a gente percebe como ela ama

165ª regra: A desilusão pode matar o amor em alguém, mas o verdadeiro amor dá de dez a zero em qualquer desilusão

166ª regra: Dizer que se está fechado ao amor é realizar uma profecia autorrealizável e muito perigoso; geralmente, nesses casos, perde-se muito mais do que se ganha, independente do que se aprende ou do resultado final

167ª regra: A melhor forma de demonstrar amor é pelo exemplo

168ª regra: Mente descaradamente quem diz saber tudo sobre amor (eu mesmo, nestas regras, estou apenas exercitando meu intelecto para descobrir coisas por mim mesmo; não acho que existam regras universalmente válidas para o amor em si; aqui eu só descrevo o que sinto)

169ª regra: Quem ama, nunca esquece

170ª regra: Quem ama, geralmente se pega fazendo coisas que agradam o ser amado, sem reparar nem saber por quê

171ª regra: Deus nos ama tanto que a gente jamais conseguiria imaginar o quanto

172ª regra: Quem ama costuma deixar marcas indeléveis de carinho e compreensão seja por onde passe

173ª regra: O sexo é, em si, geralmente frio, ao contrário do que dizem; mas quando feito com amor chega a literalmente queimar

174ª regra: O coração que ama gera tanta energia que, brincando, poderia literalmente sair do peito da pessoa e dançar para todo o mundo só para demonstrar sua alegria

175ª regra: Em pessoas fracas, o amor demonstrado gera ciúme; em pessoas não tão fracas, gera uma vontade louca de conseguir o mesmo para si

176ª regra: É real o amor de quem diz que poderia casar com uma árvore

177ª regra: Toda música nasce do amor; toda poesia também; toda arte em si nasce do amor; quem diz que faz arte e não ama simplesmente considera a si mesmo humilde ou perfeccionista demais para conseguir o seu intento

178ª regra: Comprovadamente, o amor é uma espécie de loucura

179ª regra: Todos os maiores em qualquer área são pessoas que amam muito

180ª regra: É covarde todo aquele que se diz imune ao amor

181ª regra: Quando alguém quer te convencer a odiar os outros é porque quer, em outras palavras, fazer com que você ame só a ele/a mesmo/a

182ª regra: Quem ama, aglutina; quem não ama, dispersa

183ª regra: Ninguém trai ninguém, todos são apenas fiéis a si mesmos

184ª regra: Quem não percebe o que acontece, simplesmente pode ficar a ver navios. O amor supera isso

185ª regra: Por razões que desconheço, o amor é mais fácil de assumir por pessoas jovens, ou de idade ou de espírito; os outros tendem a calcular. Não sei se isso se deve a uma suposta decadência, mas conduz, a não ser que haja um esforço hercúleo de superação, a uma perda de esperança a que só os espíritos fortes conseguem fazer jus. Isso significa que: amor mesmo é para os fortes

186ª regra: Quem te usa, não te ama

187ª regra: Joguinhos de amor podem incluir muita coisa, menos amor

188ª regra: Em amor, só acha que tem que se valorizar quem sabe que não tem valor

189ª regra: As pessoas mais sábias no amor são geralmente as que preferem ficar caladas

190ª regra: Há várias formas de descobrir o amor, e uma das mais eficientes é a que utiliza a fidelidade de intenção

191ª regra: Mente-se para atingir o amor, mas uma vez conseguido cumpre não repetir a jogada

192ª regra: Quem fecha o coração por muito tempo geralmente enfrenta dores piores do que o parto para redescobrir o que é o amor

193ª regra: As religiões em geral facilitam o trabalho para aqueles que querem se reaproximar de si mesmos e que, além disso, buscam um amor real

194ª regra: Para amar muito, é preciso resguardar-se bastante, de forma a proteger a própria saúde

195ª regra: Paixão e amor são às vezes sentimentos incompatíveis

196ª regra: Só se deixa atrair sem proteção quem adora dar uma de viúva-negra macho

197ª regra: O aprendizado para o amor é geralmente cruel, mas quando feito com integridade e verdade tende a redundar em felicidade

198ª regra: Amar geralmente é sofrer

199ª regra: Só ama mesmo quem tem coração forte

200ª regra: Corações fracos não costumam merecer amores eternos


Contreraman

Antes: E as coisas que continuam já se foram. E as que se foram continuam para nunca terminarem. Até um fim que nunca vem. Depois: Vale o que tem amor..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// @destaque, @obvious //Contreraman
Site Meter