o olhar amor na arte após o fim da arte e da filosofia

Veja ao seu redor - a saída existe e está em tudo e em todos nós

Contreraman

Antes:
E as coisas que continuam já se foram. E as que se foram continuam para nunca terminarem. Até um fim que nunca vem.

Depois:
Vale o que tem amor.

Não preciso dizer que te amo

Não preciso dizer que te amo. Nem te demonstrar de uma ou outra forma. Nem te olhar diferente, ou te olhar quando vc não repara, ou te olhar aqui dentro, como se aqui você estivesse. Eu não preciso.


969418_10201841595342011_866172409_n.jpgVocê vai em busca de outro, que você considera mais atraente que eu. Você perde seu sono pensando nele, e por vezes não hesita em me pedir alguma coisa para ajudar a tornar teus desígnios realidade. Eu sequer recuso.

Eu não preciso dizer que te amo porque meu amor é que me ajuda a viver estes dias difíceis, repleto de carências, assoberbado de ausências. Meu amor por você, que nada tem de platônico, dá-me novo afã de viver. Embora seja sutil, e suave, e quase imperceptível.

Não preciso dizer que te amo porque as rosas falam por mim, ou as violetas, ou mesmo o tempo ruim ou bom debaixo do qual percorro as ruas ganhando meu pão. Todo o mundo fala por mim, e você ouve, só finge que não.

O amor de quem diz "eu te amo" não consegue chegar sequer aos pés desse meu que tem paciência, espera e reclusão. Não preciso dizer que te amo porque você também muda, e um dia talvez veja, ouça ou sinta.

Não preciso dizer que te amo porque hoje você é outra, e meus motivos para dizê-lo também. Você é uma e todas, e nenhuma. Como eu sou o começo, o fim e o meio.


Contreraman

Antes: E as coisas que continuam já se foram. E as que se foram continuam para nunca terminarem. Até um fim que nunca vem. Depois: Vale o que tem amor..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// //Contreraman
Site Meter