o olhar amor na arte após o fim da arte e da filosofia

Veja ao seu redor - a saída existe e está em tudo e em todos nós

Contreraman

Antes:
E as coisas que continuam já se foram. E as que se foram continuam para nunca terminarem. Até um fim que nunca vem.

Depois:
Vale o que tem amor.

A quem nutre problemas com as mães

Muitos postam fotos com as mães no facebook, mas elas me dizem em geral muito pouco. Pois sei que em muitos casos as relações não são fáceis. Faço este texto para quem já sofreu muito com família, como uma forma de passar uma mensagem positiva.


mes.jpgFiquei anos sem visitar minha mãe. Eu estava casado e não aguentava suas intromissões em minha vida. Veio a separação e um dia, não me lembro bem como, voltei a visitá-la. Mas a relação não melhorou muito. Refleti bastante sobre tudo e isso até ajudou, mas não mudou a base dos problemas.

Ontem (7/5), fui até sua casa. Ela me esperava para o almoço, mas cheguei lá pelas 17h. Conversamos, e expliquei-lhe melhor como estou (por sugestão de uma amiga).

Fui reparando que ela consegue, a muito custo, e somente agora, começar a entender algumas coisas em mim. Mas notei também o quão profunda é a percepção daquilo que eu realmente sou. Tanto que ela soltou uma exclamação durante uma explicação minha e o seu conteúdo quebrou minhas pernas. Pois percebi o quão pouco me conheço. Apesar dos esforços. Apesar do sofrimento. Pois sou daqueles caras que aprendem somente quebrando a cara.

Ela não tem muita energia, agora. Apesar disso, percebe, nos mínimos detalhes, quando eu preciso de algo, ou quando me sinto mal, ou o que sinto quando fico calado. É como se com ela eu estivesse num raios-X que revelasse camadas que eu jamais adivinharei. Hoje lamento que eu tenha levado tanto tempo para perceber isso.

A quem nutre problemas com as mães, lhes digo apenas que tenham um pouco mais de paciência. Vocês não eram nada quando elas já estavam lá. E quando elas se forem levarão a vocês mesmos consigo. Não desperdicem isso.


Contreraman

Antes: E as coisas que continuam já se foram. E as que se foram continuam para nunca terminarem. Até um fim que nunca vem. Depois: Vale o que tem amor..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// //Contreraman
Site Meter