o som do silêncio

recanto de reflexões

Leonardo Onofre

Todo começo tem um fim.
Todo fim é um começo.

Somos Marshall

Aos que gostam de filmes baseados em histórias reais, Somos Marshall é imperdível.


1844.jpg

O filme Somos Marshall (We are Marshall) lançado no ano de 2006 conta a história do time de futebol americano da Universidade de Marshall, orgulho da cidade de Huntington, localizada no estado norte-americano da Virgínia Ocidental. A universidade foi fundada em 1837 e seu nome é uma homenagem ao quarto presidente da Suprema Corte dos Estados Unidos, John Marshall.

800px-Marshall_University_Old_Main_Building.jpg

O nome da Universidade de Marshall ficou em evidência após a pior tragédia da histórica norte-americana relacionada a esportes, quando em 14 de novembro de 1970 um avião fretado pela universidade para transportar os jogadores, comissão técnica e alguns torcedores do aeroporto Kinston Regional Jetport na Carolina do Norte até o aeroporto Tri-State em Huntington chocou-se com uma colina próxima do seu destino matando todos os 75 passageiros a bordo. Até hoje não se chegou a um veredicto sobre a real causa do acidente. O choque causado na pequena cidade foi irreparável.

Após o acidente o filme retrata uma imensa comoção nacional que atingiu a todos no país de alguma forma. Mas principalmente a população local. Alguns pensavam que o programa de futebol da equipe de Marshall deveria ser suspenso imediatamente. Somente alguns jogadores e membros da comissão técnica não estavam no voo, e juntamente com o apoio da população local decidiram dar continuidade ao programa, apesar das tantas dificuldades. Mas ainda faltava alguém para impulsionar esta ideia e coube este papel a Jack Lengyel, numa belíssima interpretação de Matthew McConaughey ganhador do Oscar deste ano por sua atuação no filme Clube de Compras de Dallas (Dallas Buyers Club), que assumiu o posto de técnico principal. Ao seu lado estava o treinador assistente Red Dawson que não embarcou naquele voo, interpretado por Matthew Fox, o inesquecível doutor Jack da série Lost.

Stephen_Todd_Evans,_Marshall_University_Senior_Recognition_Day.JPG

É uma missão difícil não se emocionar com o desenrolar da história. Pais que perderam seus filhos. Namoradas que perderam seus grandes amores. Amigos perdidos nesta enorme tragédia. Poderia se imaginar que este seria o pano de fundo do filme comparado ao futebol. Mas o diretor Joseph McGinty Nichol, mais conhecido como McG transpôs a barreira de ficar atrelado somente ao time de futebol. A parte mais interessante da história fica por conta do que acontece longe das quatro linhas. O apoio do time da universidade rival. Os diálogos magníficos que tratam de ética, vitória e superação, são impressionantes.

Por vezes já questionei se não seria oportunismo fazer um filme baseado em uma tragédia tão dolorosa. Mas não, neste caso não é. Na realidade é a melhor maneira de homenagear as pessoas que perderam a vida deixando para trás belas histórias. E toda vez que a história é contada, a cada exibição, faz com que a memória dos que se foram permaneça no imaginário das pessoas.

Mumemorial_enscription.jpg

"Das cinzas renascemos"

Trailer do filme


Leonardo Onofre

Todo começo tem um fim. Todo fim é um começo..
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/cinema// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Leonardo Onofre