o som do silêncio

recanto de reflexões

Leonardo Onofre

Todo começo tem um fim.
Todo fim é um começo.

Mas e se todos os manuais falharem?

Será que podemos ter a certeza que por trás de todas as fórmulas e modelos de como (sobre)viver na nossa atual sociedade ainda assim nos restara um plano B?


children-491601_1920.jpg

Estava aguardando ser chamado para um exame de rotina e deparei-me com a cena de uma menininha de uns 5 anos com um tablet enorme, quiçá do tamanho daqueles caderninhos brochura, “brincando” de maquiar uma boneca. Fazia a sombra nos olhos, passava batom e enchia o rosto da boneca de blush. Parecia estar se idealizando na imagem que forjava. Escutei enquanto sua mãe fazia a ficha que elas eram de uma cidadezinha bem pequena, na realidade a localidade em que moram é distrito de outra cidade.

Fiquei imaginando que já não conheço tão bem a realidade das pessoas. O rural já não é mais tão rural como antes. Os objetos tecnológicos fazem mais parte dos pequenos espaços do que em outros momentos.

o-tablet-ajuda-ou-nao-no-desenvolvimento-do-seu-filho-55-1064.jpg

Será que precisamos de tanta artificialização?

Outro fato me chamou a atenção: mesmo com a introdução da tecnologia o conservadorismo manteve-se forte. Carrinho para os meninos. Boneca para as meninas. Vídeo game e bola para a molecada e as menininhas aprendendo a fazer maquiagens. E hoje em dia turbinados pela era da informação. Os pais na sua grande maioria não estão preparados para libertar-se das correntes dos “bons costumes”. Apenas continuam reproduzindo o que receberam durante a vida toda.

Mas e se tudo que nos ensinam desde criança de como devemos viver a vida falhar? E se o manual estiver ultrapassado? Aí poderemos pela primeira vez nos deparar com a realidade. Quem faz manual desconta do total os “diferentes”. Redigem leis e regras para a maioria. E dessa forma esperam que sigam sem questionar os mandamentos. Poucos se atrevem a questionar os atuais modelos, e quando o fazem são chamados de baderneiros; bárbaros destruindo a ética.

1024px-US_Navy_100123-N-4774B-840_Ensign_Adam_Cole_holds_hands_with_a_Haitian_girl_during_an_assessment_visit.jpg

O que está infiltrado em muitos discursos - mas que atualmente não passa de enfeite - pode apresentar-nos uma solução. Precisamos de pessoas reflexivas, que se atentem que nem tudo deve vir mastigado. Que nem sempre precisamos de alguém para nos dizer quando e como fazer, mas sim pessoas dispostas a apresentar diversos caminhos. Mesmo que tais opções contenham determinado direcionamento, afinal a neutralidade é uma farsa, podemos instigar a verdadeira reflexão. A busca, a ciência.


Leonardo Onofre

Todo começo tem um fim. Todo fim é um começo..
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/sociedade// @destaque, @obvious //Leonardo Onofre