oficina da imaginação

É difícil imaginar qualquer coisa simples

Luciano Oliveira

Mais ou menos designer e blogueiro, recém formado em #Marketing e entusiasta da comunicação digital. Curioso por natureza e investigador das tendências e tecnologias disruptivas. Acredito que para ser feliz é preciso hackear a vida e não se acomodar.

Vida: Como respirar

É uma coisa delicada, a respiração: ela pode preenche-lo, em seguida te deixar suavemente, sem você perceber na maioria das vezes, sem que você precise se preocupar com isso.


como-respirar.jpg

Seu dia está ficando agitado e você está cansado ou ansioso, ou distraído, ou cheio de dúvidas.

Você está um pouco perdido, sentindo-se sem sentido.

Respire.

Gire os holofotes de sua atenção, de todas as preocupações do seu dia para a respiração.

Respire normalmente, não mais lentamente ou profundamente do que o habitual - a única coisa que pode ter mudanças agora é a sua atenção.

Sua mente vai passear, e isso é bom. Apenas retorne suavemente a sua atenção para sua respiração, percebendo os seus pensamentos que possam surgir, em seguida, voltar à respiração.

É uma coisa delicada, a respiração: ela pode preenche-lo, em seguida te deixar suavemente, sem você perceber na maioria das vezes, sem que você precise se preocupar com isso.

Sua mente divaga e você volta. Você se pega dando atenção para a qualidade do ar, e em seu corpo da forma que o peito sobe e desce e seus ombros se movem.

Você percebe neste momento que está tudo OK. Este momento é completo e sem suas preocupações e distrações.

Quando você voltar para suas ansiedades, medos... estes emergem da mente espontaneamente, assim como todos os seus pensamentos também o fazem. Eles são condições temporárias, como nuvens que passam. Eles não são de qualquer consequência se você apenas observá-los, reconhecê-los, deixá-los seguir em frente.

Você volta para a respiração, e as ansiedades são esquecidas por um segundo, quando você vê a respiração. Sua mente vagueia de novo, medos decorrentes, desejos de distrações e prazeres chegando. Estes são egoístas pequenas coisas, os medos e desejos, que estão à procura de conforto e tentando evitar desconforto.

Você vai voltar para a respiração e agora observe seu corpo, e seus arredores, tudo perfeito neste momento. Por um segundo, as suas preocupações sobre o conforto ou a sua autoestima é esquecida.

Como o fluxo e refluxo das marés, provoque a você mesmo um momento de impulso pra frente e para trás, como se seus problemas estivessem apanhados entre as ondas.

Você fica pensando na respiração por um momento, e para esse momento... você não está mais lá.

Há apenas a respiração, o corpo e tudo o que está ao seu redor.


Luciano Oliveira

Mais ou menos designer e blogueiro, recém formado em #Marketing e entusiasta da comunicação digital. Curioso por natureza e investigador das tendências e tecnologias disruptivas. Acredito que para ser feliz é preciso hackear a vida e não se acomodar..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/recortes// @destaque, @obvious //Luciano Oliveira
Site Meter