Ana Calazans

Os livros me criaram, a curiosidade me alimenta e o kung-fu me alegra

Mr. Sammy (Bojangles) Davis

Cantor, dançarino, fotógrafo e entertainer, Sammy Davis Jr. foi o mais talentoso membro do Rat Pack. Seu carisma pode ser medido pela superioridade marcante demonstrada quando se apresentava ao lado do charme paisano e simpático de Dean Martin e dos old blue eyes do sedutor profissional Frank Sinatra.


15_Sammy_scissor_kick.jpgSammy em ensaio fotográfico de Phil Stern: "...ele salta tão alto e então toca suavemente o chão"

Faz tempo, eu era miúda, vi Robin Hood de Chicago na TV. No filme, do início dos anos 60, Frank Sinatra, Dean Martin e Sammy Davis Jr. (parte do chamado Rat Pack, que contava ainda com o dublê de ator Peter Lawford e o cantor-apresentador Joey Bishop) contracenavam com Bing Crosby e Peter Falk. A fita me divertiu muito por sua mistura de comédia musical e filme de gangster e também por ter um ator, cantor e dançarino negro que eu nunca tinha visto, Sammy - eu já era doida por cinema e conhecia Frank por conta de A um Passo da Eternidade e Dean pela parceria com Jerry Lewis.

Sammy em medley acompanhado por bateria no famoso concerto do Rat Pack no Sands em Las Vegas

Embora meu queridinho ainda seja Dean, Sammy é, para mim, de longe o mais talentoso, magnético e misterioso membro do Rat Pack.

item6.rendition.slideshowHorizontal.fasl07_sammydavis_slideshow.jpg item17.rendition.slideshowVertical.fasl18_sammydavis_slideshow.jpg

item5.rendition.slideshowVertical.fasl06_sammydavis_slideshow.jpg

item1.rendition.slideshowVertical.fasl02_sammydavis_slideshow.jpg

Talento precoce descoberto aos três anos, ele foi o epítome do entertainer. Além de atuar, cantar, dançar e entreter, Sammy ainda era um fotógrafo dos bons que captou amigos como Tony Curtis, belezas como Charlotte Rampling e Kim Novak. (Ver fotos PB acima e coloridas abaixo).

item2.rendition.slideshowVertical.fasl03_sammydavis_slideshow.jpg

fasl08_sammydavis_slideshow.jpg

fasl11_sammydavis_slideshow.jpg

Com charme e personalidade de sobra seduziu a deusa Kim Novak, na época no auge de sua fama. (Aliás, eu adoro a Kim e meu filme predileto dela é Pal Joey - em português Meus Dois Carinhos - em que contracena com Sinatra e Rita Hayworth. Como Sammy, ela tinha talento e sensibilidade incomuns no star system da época).

tumblr_lo760jH4Ga1qet8i6o1_500.jpg

Kim canta My Funny Valentine em cena de Pal Joey ">

Sempre rindo e fazendo caretas como se dissesse a assistência "Pois é, sei que sou feio, não precisam me lembrar disso, já sei e estou aqui para divertir vocês", ele não conseguia, no entanto, esconder uma densidade, tristeza e sensualidade que escapuliam de sua voz, rosto e corpo quando cantava e dançava. Talvez por isso minha interpretação predileta dele seja Mr. Bojangles, que conta a história de um velho presidiário que ganha a vida dançando e cantando por tostões que usa para beber. "O Senhor Bojangles ...dança para você, com sapatos desgastados, com seus cabelos grisalhos e uma camisa esfarrapada...ele salta tão alto e então toca suavemente o chão".

Sammy interpreta Mr. Bojangles ">

Para quem quer conhecer o talento de Sammy, vídeo com 43 minutos ">


Ana Calazans

Os livros me criaram, a curiosidade me alimenta e o kung-fu me alegra.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/fotografia// @destaque, @obvious, eros //Ana Calazans