Vanessa Rossi

Da esquerda à direita; Das frases prontas aos rompantes de criatividade.

O Universo Paralelo da Crítica: Como ouvir uma crítica sem se ofender com ela?


critica.jpg

Resolvi partir da premissa do universo da crítica, porque ninguém gosta de ser criticado. Adoramos receber elogios, mas quando recebemos qualquer tipo de crítica a nosso respeito ou do nosso comportamento tendemos a ficar bravos. Certa vez li uma frase do Hermann Hesse, que diz o seguinte: " Se você odeia alguém é porque odeia algum tipo de coisa que te pertence. O que não faz parte de nós não nos perturba."

Uau! Pensei comigo. Pura realidade.

Quando criticamos os defeitos dos outros, principalmente quando a crítica tende a ser maledicente, é porque estamos projetando os nossos defeitos naquele que criticamos. Claro que isso não ocorre em relação a crítica construtiva. Todos nós ao recebermos críticas construtivas, deveríamos bendizê-las ao invés de termos raiva. Porque a crítica construtiva quando aceita, nos faz progredir e melhorar. Melhorar, eis o que devíamos nos concentrar sempre. E para isso é necessário descentralizar o ego, o "eu" que nos faz enxergar de forma errônea a nossa realidade. Desmascarar o desagrado que sentimos quando alguém nos critica, eis o primeiro passo. Segundo: Desinflar o ego. Nem todo mundo é obrigado a nos achar lindos, inteligentes, especiais e temos que aprender a conviver com isso. Terceiro: Aprender a repensar a crítica. Se a pessoa que criticou de fato está certa, precisamos modificar nosso comportamento no tocante ao que gerou a crítica. Nosso ego costuma nos auto-sabotar com freqüência e ter alguém corajoso o suficiente que nos diga a realidade deve ser motivo de contentamento e não o contrário. Aprender a ouvir uma crítica, um desagrado, é o primeiro passo para aprendermos a ter uma ideia mais exata de nós mesmos. Eu por minha vez, também estou tentando aprender a entender que ouvir uma critica não diminui em nada o que eu acho ao meu respeito. Ter um conceito correto sobre si mesmo, não abarcar nem o rei nem o mendigo (tudo em equilíbrio) não é fácil, mas é compensador. Já paramos para pensar quantas vezes nos entristecemos por ouvir criticas a nosso respeito ou das pessoas que amamos? Conviver com as críticas, com opiniões contrárias a nossa faz parte da vida. Enquanto não aprendermos a lidar, sofreremos repetidas vezes até que isso não mais nos prejudique. Viver é se expor e quem quer que se exponha será alvo de críticas, quer queira quer não. Aprender a lidar com elas, nos faz não só melhores como também mais compreensivos e menos egocêntricos. Quando todos estão errados e nós apenas estamos certos, é porque algo aí pode estar errado. E o problema pode estar conosco.


Vanessa Rossi

Da esquerda à direita; Das frases prontas aos rompantes de criatividade..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/recortes// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Vanessa Rossi