Vanessa Rossi

Da esquerda à direita; Das frases prontas aos rompantes de criatividade.

Estamos vivendo a vida que gostaríamos de viver?


sonho.jpg

Como você gostaria de viver?

Pois é. Quem nunca parou para pensar, no mais recôndito do ser, o ideal de vida e o direcionamento que vamos dando a ela? Nem sempre as coisas são como gostaríamos que fossem, e talvez o segredo da vida seja lidar com a contrariedade e a frustração. Constantemente as coisas fogem de nosso controle e aí achamos que estamos fazendo tudo errado. Mas, com licença, posso te contar um segredo?

- Todo caminho é caminho.

Ás vezes, temporariamente, abdicamos de um sonho, de uma vontade em prol de outras coisas igualmente importantes e mais facilmente realizáveis no presente. Através de um caminho tortuoso, difícil, finalmente chegamos em um modo de vida, uma escolha de profissão, escolha sobre como nos relacionarmos com o mundo. E aí pensamos: Será que estamos fazendo certo?

Não se pode ser feliz o tempo todo, já dizia o ditado popular, mas não podemos permitir que a sombra da dúvida nos entristeça os caminhos. Arriscar é muito bom, mas fazer escolhas conscientemente, com os pés no chão é ainda melhor.

Muitas vezes, só vamos vir a saber se algo é bom ou ruim para nós quando nos permitirmos a experiência. Se for bom, repetiremos a experiência outras vezes; se for ruim, mudaremos a rota do caminho.

Abdicar temporariamente de uma vontade, não significa que iremos abandoná-la definitivamente. Para perseguirmos um sonho, torna-se necessário galgarmos degraus menores, para enfim, chegarmos no que realmente queremos.

Não fosse a abdicação e paciência do estudante de medicina, certamente ele não se tornaria um médico.

E quando, nessa empreitada que chamamos existência humana, determinamos escolhas que culminam para a nossa infelicidade?

Deve jogar-se tudo para o alto e mudar tudo?

A resposta é: Sim!

Perdoe-me o leitor menos avisado, a alma excessivamente apaixonada que aqui escreve, pensa que a vida é muito curta para não vivermos nossos sonhos, e que para alcançarmos a rota da felicidade, vale a pena todos os riscos, muito embora, a existência dos percalços do caminho fazem parte do sonho que queremos seguir. Nada será conquistado sem o devido esforço.

Ou será que só eu penso dessa forma?

Convido-vos, queridos amigos, para a devida reflexão.


Vanessa Rossi

Da esquerda à direita; Das frases prontas aos rompantes de criatividade..
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/recortes// @obvious //Vanessa Rossi