passeio dos velhos

Porque a vida é feito de caminhos.

Leila Gato

This catgirl does it well

Os velhos também gostam do Verão! Conhecem-no como ninguém e nutrem apreço pelas boas sestas que este lhes proporciona.


Spring-Flowers.jpgNeste meu cantinho, posso escrever sobre mil e uma coisas. E eu gosto da sensação de liberdade que tenho, essa liberdade que me permite falar (escrever) sobre algo que me entusiasma, fascina e liberta. Já estamos em pleno horário de Verão, os dias estão felizmente mais longos, acordamos com o chilrear dos pássaros pela manhã e até o aroma do café fica mais intenso, e o doce do açúcar mais doce que nunca. Nesta Primavera a beijar as bochechas rechonchudas do Verão apetece-me cor, jovialidade, positivismo, mangas à cava, ombros descobertos e cabelos soltos. Cheira a Verão. Pois sim. Os gelados são o ponto alto dos finais de tarde enquanto vejo as ondas do mar nos braços do meu porto de abrigo. Nesta altura do ano, apetece tirar alguma da roupa a meio da noite, e as pernas ficam descobertas enquanto sonhamos com marisco, peixe grelhado e pratadas de caracóis. Os gatos esperneiam à janela enquanto dormem ao sol aninhados nos seus sonhos felinos. O quente do tempo, tão quente como ferro ardido e apenas apaziguado pela brisa da manhã, esse perfeito reino para os seres que fazem as suas vidas entre as ervas orvalhadas. Mas até lá chegar, ainda há a Primavera, essa menina de olhos doces com joaninhas a passear entre os dedos. De chapéu de palha, lá vai a ela a passear por entre as pedrinhas juntas ao lago. Até lá fica o cheiro do entardecer, aquele cheiro pueril a transbordar de sal, areia e estrelas cadentes. Até lá chegar, vou-me mimando...com coisas assim. Digam lá se não é uma delícia para os olhos?!?


version 2/s/// //Leila Gato