pausa para um café

Pare, sente, peça um café e aprecie sem moderação.

Filipe Ramos

Ator que nunca atuou, pintor que nunca pintou, músico que nunca compôs, fotógrafo que nunca fotografou, cineasta que nunca filmou, escritor que nunca publicou.

RECICLANDO EM MÚSICA

“O mundo nos manda lixo. Nós mandamos de volta música”. Esse é o slogan abaixo do titulo do filme Landfill Harmonic, em tradução livre, Harmônica do Aterro, o projeto trás esperança as crianças que nascem em Cateura, uma favela no Paraguai, transformando o lixo do aterro local em instrumentos musicais, uma idéia simples, inovadora, inspiradora e que transforma a vida dos seus moradores.


O filme trata de alguns assuntos muito presentes nas discussões sociais atuais, pobreza, poluição e lixo. Além de mostrar o poder transformador na vida dessas crianças de Cateura, no Paraguai, o filme leva o espetáculo lixo-em-música da The Recycled Orchestra para todo o mundo. Landfill-Harmonic-5.jpg

O Projeto começou em 2010 quando os produtores foram para o Paraguai filmar as crianças e a orquestra, em 2011 eles voltaram na comunidade para filmar e ver o progresso de três jovens crianças que tinham entrado recentemente no projeto. O filme foi finalizado em 2012 e eles continuarão seguindo a orquestra em 2013. Para eles o filme mostra como lixo e materiais reciclados podem ser transformados em instrumentos musicais que soam maravilhosamente bem, e o mais importante, trás o testemunho da transformação dos seres humanos. Segundo os produtores, o filme mudou a vida deles, e eles esperam que mude a nossa também, pois acreditam que soluções criativas e simples podem trazer poderosas transformações sociais para as mais pobres comunidades. Landfill-Harmonic-8.jpg

O Diretor da Orquestra Flávio Chaves da um depoimento inspirador mostrando com o esse projeto mudou a comunidade. “Em uma comunidade como Cateura, não é uma lugar para ter uma violino de fato, um violino custa mais do que a sua casa”. Ele diz que a comunidade era um lugar com muitas drogas, álcool, violência e trabalho infantil, um lugar com muitas situações que tornaria quase impossível que as crianças aprendessem valores, porem eles tem esse lugar na orquestra. Como uma ilha dentro de uma comunidade, um lugar onde eles podem desenvolver esses valores. Flávio Chaves diz também que viram diversos casos de pais viciados em drogas deixando o vicio de lado para assistir os concertos de seus filhos, e em muitos dos casos os pais retomaram os estudos por verem seus filhos indo em frente. “Eles não estão mudando somente suas vidas, mas as vidas de suas famílias e da comunidade”. Landfill-Harmonic-9.jpg

O Projeto estava participando de um site de financiamento coletivo para conseguir finalizar o filme, criar o Landfill Harmonic Social Movement um movimento para ajudar Cateura atingir as metas e começar outros capítulos em áreas como essa ao redor do mundo e patrocinar uma turnê mundial da The Recycled Orchestra aumentando a atenção para o Landfill Harmonic Movement e inspirando organizações e pessoas a apoiar o movimento. Felizmente a meta já foi alcançada, e até ultrapassou o orçamento desejado. Landfill-Harmonic-11.jpg

O trailer do filme nos dá uma idéia de como esse projeto é inspirador e emocionante, e fica mais visível o impacto da música na vida dos moradores da comunidade. Agora é esperar o filme sair para conferir todo o progresso registrado assim como esperar a turnê da The Recycled Orchestra passar por aqui.

Wordpress Landfill Harmonic Facebook Landfill Harmonic


Filipe Ramos

Ator que nunca atuou, pintor que nunca pintou, músico que nunca compôs, fotógrafo que nunca fotografou, cineasta que nunca filmou, escritor que nunca publicou..
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/cinema// @destaque, @obvious //Filipe Ramos