pauta para o chá das 4h

Divagações, suspiros, biscoitos, fumaça e devaneios...

Bruna Regina Pietta Abrahão

Uma pequena transgressora

Todo o Excesso de Amor de PJ Harvey em 10 Canções

Em seu álbum de estreia Dry, PJ inicia cantando – “Oh my lover. Don´t you know it´s alright? You can love her. You can love me at the same time...Oh my sweet thing. Oh my honey things. Give me your troubles. I´ll keep them with mine...” – Ela sabe que não é única para o homem que ama, mas diz à ele que não se importa, que tudo continua indo bem...Nas composições de PJ parece haver sempre uma mulher disposta a fazer tudo por seu homem. Amar demais é o grave crime da personagem de PJ. E ela morre de vergonha por isso. Já que amar demais soa piegas. Amar demais é brega...


View image

Em seu álbum de estreia Dry, PJ inicia cantando – “Oh my lover. Don´t you know it´s alright? You can love her. You can love me at the same time...Oh my sweet thing. Oh my honey things. Give me your troubles. I´ll keep them with mine...” – Ela sabe que não é única para o homem que ama, mas diz à ele que não se importa, que tudo continua indo bem, e ainda pede que ele divida seus problemas com ela, como se ela pudesse amar pelos dois, como se o amor dela bastasse para que essa relação nunca chegasse ao fim.

Nas composições de PJ parece haver sempre uma mulher disposta a fazer tudo por seu homem. Em To Bring You My Love, ela escala montanhas, viaja pelo mar, é expulsa do paraíso, humilhada de joelhos, dorme com o diabo e é amaldiçoada por Deus, somente para trazer seu amor de volta.

No entanto, a protagonista de PJ embora continue carente, não é sempre masoquista, ela também é capaz de fazer ameaças. Como em Rid Of Me, canção do segundo álbum da cantora. No início da música PJ sussurra ao seu amor que se enlace à ela, e avisa que ele nunca estará livre dela. Pede gemendo que ele lamba suas pernas. Lamba seus lábios, e caso ele contrarie seus desejos ela o adverte, dizendo que torcerá sua cabeça. Ou em Legs, aonde ela implora ao seu amor para que ele não vá embora, pois ela poderia morrer por isso, ou então poderia matá-lo.

As mulheres de PJ podem ser desesperadas e capazes das piores chantagens.

Porém, elas não deixam de ser heroínas românticas, dotadas de memória sobre a história de seu amor. Elas não conseguem esquecer o que viveram, e sofrem por isso. É o que canta PJ no blues adocicado – Rope Bridge Crossing - que compõe o álbum que ela divide com John Parish – Dance Hall at Louse Point. “And I remember everything. "Sunrise on a blue horizon with you, your hand in mine. I remember the things you said. Said, I´d be your lady, wait throug it all...”

Ou em One Line, quando pergunta a seu amado se ele ainda lembra como foi a primeira vez em que eles se beijaram. E ressalta que ele nunca saiu da sua cabeça.

Amar demais é o grave crime da personagem de PJ. E ela está ciente disso, como afirma em Send His Love to Me – “ How long must suffer? Dear god, I´ve served my time.This love becomes my torture. This love, my only crime.”

E ela morre de vergonha por isso. Já que amar demais soa piegas. Amar demais é brega.

“Shame is the shadow of love”

Contudo, para ela, sem paixão não há sentido. A protagonista de PJ é intensa, precisa do arrebatamento, da euforia, do êxtase, ela quer um par, para viver uma história como a de Bonnie e Clyde.

“So I take my good fortune. And I fantasize of our leaving. Like some modern-day, gypsy landslide. Like some modern day. Bonnie and Clyde”

Entretanto, será possível para a garota de coração enegrecido encontrar alguém que lhe faça bem? Estará ela pronta para viver um bom sentimento?

Ao longo do que se lê nas canções de PJ pode-se presumir que sim. Sua personagem se torna provocativa e desmistifica o amor. Na dançante This is Love, PJ declara com ímpeto – “I can't believe that life's so complex. When I just want to sit here and watch you undress. This is love, this is love. That I'm feeling.”


Bruna Regina Pietta Abrahão

Uma pequena transgressora.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/musica// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Bruna Regina Pietta Abrahão
Site Meter