pé de quiçá

Mais do que um advérbio de dúvida. Um pé de possibilidades.

Jéssica de Queiroz

"Qualquer ideia que te agrade, é tua. O autor nada mais fez que vestir a verdade Que dentro de ti se achava inteiramente nua"

Eu me Chamo Antônio

Frases curtas, sentidos enormes, divagações encantadas: Essa é a arte de Antônio que se expressa na simplicidade de guardanapos.


000.jpg

“Antônio é um personagem de um romance que está sendo escrito, vivido.” E essa é a única descrição na página que já conta com mais de 40 mil fãs e está encantando a web com mensagens curtas e extremamente eloquentes. O poeta por trás dessas palavras ainda não quer revelar sua identidade real. É redator publicitário, tem 28 anos, nasceu na África e mora no Brasil desde os 12, e segundo a entrevista dada à revista Mambembe, não se acha um escritor, apenas coloca suas ideias no papel, ou melhor, nos guardanapos. “Acho que a arte é isso: fazer o que você pode com aquilo que você tem. Há muito silêncio em mim, e essas frases são meu grito. E não é amor-fofo. Alguns são quase pequenas depressões, pequenas confissões, pequenas confusões", diz ele. E sua obra não precisa de legendas nem de muitas explicações, cada traço nesses guardanapos fala por si só. O fato é que são pequenas e grandes verdades muito bem arranjadas num brilhante jogo de palavras. E pelo visto o autor está num mar de inspiração, pois a página no Facebook, e o perfil no Tumblr têm atualizações diárias com cerca de quatro guardanapos novos e todos incríveis.

emca1.jpg emca2.jpg emca3.jpg emca4.jpg emca6.jpg emca8.jpg emca9.jpg emca12.jpg emca20.jpg emca22.jpg emca26.jpg emca24.jpg emca25.jpg emca27.jpg emca29.jpg tumblr_mhstg7yzKd1rid4sdo1_1280.jpg

Página do autor: Eu me Chamo Antônio Entrevista completa: Revista Mambembe


Jéssica de Queiroz

"Qualquer ideia que te agrade, é tua. O autor nada mais fez que vestir a verdade Que dentro de ti se achava inteiramente nua".
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 1/s/artes e idéias// @destaque, @obvious //Jéssica de Queiroz