película criativa

O cinema em primeiro plano

Lynn Colling

Publicitária e editora do blog Película Criativa

Sentidos do Amor - Um olhar romântico sobre o fim do mundo

No filme dirigido por David Mackenzie, o romance vivido pelos personagens de Ewan McGregor e Eva Green é abalado por uma epidemia apocalíptica, que provoca a perda sensorial nos humanos.


Perfect-Sense.jpgNos últimos três anos, os espectadores tiveram a oportunidade de assistir inúmeros filmes sobre o fim do mundo. Lars Von Trier (Melancolia) e Terrence Malick (A Árvore da Vida) foram os cineastas que mais tiveram sucesso com seus projetos apocalípticos e, ambos, foram elogiados pela crítica internacional. À primeira vista, “Sentidos do Amor” (Perfect Sense) parece ser mais uma trágica história de romance, mas o título do filme não faz justiça a complexidade apresentada em seu roteiro.

“Sentidos do Amor” é uma produção independente britânica, vencedora no Ediburgh Film Festival. Com um roteiro original, escrito por Kim Fupz Aakeson, o filme aborda as questões do fim do mundo, onde pessoas começam a perder os sentidos do olfato, paladar, audição e, finalmente, a visão. Em meio da catástrofe, Susan e Michael começam um relacionamento amoroso e são atormentados à medida que seus sentidos vão desaparecendo, situação que gera uma terrível mudança de comportamento em toda a população.

Perfect-Sense.jpg Ambientado na fria cidade de Glasgow, David Mackenzie provoca reflexões sobre a construção e destruição de um relacionamento, que passa por estágios de adaptação, como a epidemia retratada no filme. David Mackenzie conduz esta história com muita sutileza, mantendo o equilíbrio entre a intimidade dos personagens e a agonia vivenciada nas ruas da cidade. O diretor também questiona, através da narração da personagem principal, se é possível cultivar um amor dentro de um mundo tão moderno.

"Sentidos do Amor" investe em dois protagonistas frios, arrogantes e que, na maioria do tempo, lutam para se relacionar com outras pessoas. Com duas belas atuações, Eva Green e Ewan McGregor estão em perfeita sintonia, demonstrando a sensibilidade e as falhas de seus personagens. É impossível não ressaltar a química contagiante entre os atores, que merecem entrar para a lista de melhores casais do cinema atual.

Um dos grandes acertos de “Sentidos do Amor” é que, em nenhum momento, o roteiro dá a sensação de esperança ou estimula os personagens a buscarem a cura da epidemia. A idéia de final feliz nunca esteve presente na mente de seus criadores, provando que “Sentidos do Amor” não é um típico filme de romance e drama. Ao contrário do que os espectadores mais românticos esperam, David Mackenzie e Kim Fupz Aakeson conseguiram entregar um final genuíno, emocionante e, acima de tudo, surpreendente.


Lynn Colling

Publicitária e editora do blog Película Criativa.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/cinema// @destaque, @obvious //Lynn Colling