perplexidade e silêncio

Encontrando poesia e bonitezas da vida por aí.

Ruh Dias

Quando criança, quis ser astronauta. Adolescente, quis ser filósofa, cineasta, fotógrafa. Sempre quis ser escritora. Hoje, só quero ser eu mesma.

Kin: a construção coletiva de uma fábula encantada

Uma produtora independente canadense resolveu filmar uma fábula, em três partes. O resultado é de encher o coração de magia e encantamento. E o melhor de tudo: podemos participar diretamente na construção deste universo.


kin.jpg

Os irmãos canadenses Seb & Ben McKinnon resolveram criar um projeto chamado Kin Fables, que consiste em três curta-metragens contando uma fábula, onde as personagens principais são um garotinho corajoso, uma menina-ninfa e um cavaleiro medieval. Não há diálogos nesta fábula, que é contada lindamente através de uma fotografia mágica e encantadora e uma trilha sonora tocante, além da interpretação fofa e melancólica das duas crianças que são as personagens principais. Somente esta pequena descrição já me derreteu por dentro e me deixou ansiosa por ver o primeiro filme, entitulado Kin, e que pode ser admirado no Vimeo ou no site da produtora dos irmãos, a Five Knights Production.

Porém, o projeto se torna ainda mais incrível quando investigamos mais a fundo. Além dos curta-metragens, os irmãos McKinnon disponibilizam em seu site as músicas utilizadas na trilha sonora, galerias com as fotos do projeto e uma graphic novel (que ainda está em produção, mas eles já disponibilizaram o que está concluído até o momento). Eles criaram todo um universo artístico ao redor do tema da fábula, mantendo a identidade, os tons, as cores e o estilo mágico do vídeo.

kin2.jpg

Quando percorri todo o universo de conto-de-fadas de Kin, meu coração se encheu de uma alegria fantástica que é muito raro eu sentir no mundo concreto que vivemos. Senti por dentro uma pergunta se formando aos poucos, a cada minuto do vídeo que eu assistia: como posso fazer parte dessa fábula? Como posso participar de algo tão lindo? E qual não foi minha surpresa quando soube que os irmãos McKinnon abriram o projeto no Kickstarter, de forma que qualquer pessoa possa contribuir financeiramente para a continuação do projeto. Na ocasião, eles precisavam arrecadar 25 mil dólares canadenses para conseguirem gravar a sequência de Kin, denominada Salvage, já que são uma produtora totalmente independente - e caso você assista o vídeo, vai perceber a altíssima qualidade e capricho deles na produção. Quando você resolve doar uma quantia financeira para o projeto, você pode escolher por um determinado "combo", onde ganha artes e pôsters feitos pelos próprios irmãos, o álbum da trilha sonora, camisetas do projeto, cópias oficiais do vídeo Kin, e assim por diante.

Felizmente, eles conseguiram arrecadar a quantia para gravar a sequência de Kin. Meu coração até dói tamanha a minha ansiedade em saber o que acontecerá com o pequeno garotinho, sua amiga-ninfa e o cavaleiro. É uma injeção de fantasia que revigora qualquer espírito.

Mais informações, acessem o site oficial e os outros links disponibilizados neste artigo. E não deixem de ver o vídeo de Kin, a primeira parte da trilogia!

kin3.jpg


Ruh Dias

Quando criança, quis ser astronauta. Adolescente, quis ser filósofa, cineasta, fotógrafa. Sempre quis ser escritora. Hoje, só quero ser eu mesma..
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/cinema// @destaque, @obvious //Ruh Dias