personality

Toda alma é um pouco clara e um pouco escura, depende de como você olha e quando você olha.

Kelly Soares

Daquelas mulheres fenomenais, que gostam de viagens incríveis, histórias surpreendentes e pessoais sensacionais!

CARTA DE UMA CRISTÃ A UM HOMOSSEXUAL

Eu sei que promoveram uma divisão, entre “mim” e “você”, mas eu queria que soubesse o que realmente penso disto!


oiuu.png

Eu nasci em uma família cristã. Na verdade minha mãe sempre foi a cristã, meu pai nunca definiu ao certo sua religião, mas acredita em Deus. Cresci com pessoas pregando o amor ao próximo, a gratidão, o respeito e cresci sabendo que muitas vezes o que eu ouvisse de pregação, não seria algo totalmente certo. Posso dizer por esse ângulo, que apesar de ser cristã, tenho personalidade para discernir o que ouço e vejo. Eu sei que promoveram uma guerra entre “nós”, uma busca incansável de aceitação, de acusação e no fim, de “vitimismo” dos dois lados. “Ele não acredita na bíblia", “Ela me chamou de Gay”... e no fim, ninguém assume a culpa, porque é mais fácil atribuir isso ao outro, sempre foi! Em algum momento da minha vida, tive que entender o que é homossexualidade, o que é um travesti, ou um transformista, é... pode acreditar, as pessoas consideram todos “gays” e ponto final, e por ai caminha o mundo em uma tragédia de opiniões mal formuladas! Eu realmente não posso dizer que tudo em vocês é “vitimismo”. Eu não ando nas ruas e recebo olhares de nojo por ai, eu não ouço piadinhas e nem sou tratada com pouco caso em minha família, por ter uma decisão “diferente” ao modo de vista de todos, ou quase todos. Eu não vivo o que vive, nem sinto o que você sente. Deste modo, não posso opinar sobre você, porque não conheço sua vida. Mesmo sendo cristã, nunca ouvi dos meus pais que eu devia ser esnobe ou discriminar um homossexual.

felicidade.gif

Li uma vez em Romanos, sobre a relação para physin ("incomum", "não usual" ou "contrária a natureza humana”. Interpretei desta forma, que o sexo anal, não seria algo que agrada o coração de Deus. Talvez se você lesse o mesmo trecho, poderia ter outra conclusão dos fatos, ou talvez você nem queira ler, porque não acredita em Deus, ok! Respeito sua opinião. Mas é justamente isso que gostaria que as pessoas entendessem: Eu interpreto uma coisa de acordo com minha base de vida, outra pessoa interpreta de acordo com a base de vida dela. Não posso impor e empurrar Jesus Cristo numa pessoa, só porque eu O aceitei em minha vida, assim como “vocês” não podem empurrar a opinião de vocês “guela a baixo” de todo mundo, alegando que cada um tem sua escolha. Outro dia entrei em minha página do Facebook, onde a primeira imagem que recebo é de uma pessoa encenando a crucificação de Jesus de forma esnobe. Acredito eu, que da mesma forma que um homossexual se entristece ao ver pessoas o condenando por sua escolha, assim um cristão fica quando vê alguém zombar de sua fé.

Na verdade o problema não é você ser homossexual, eu ser cristã, o “fulano” ser budista, o “beltrano” ser católico, o problema esta na falta de respeito e intolerância que as pessoas adquiriram ao longo do tempo. A falta de propósito, torna tudo muito sem vida. Antigamente a ”parada gay” era uma forma de protestar pelo que se acha e pelo direito de ser o que quisesse, hoje se você for ler sobre o assunto ou passar numa rua em dia de marcha, só se ver o ódio em evidência. A falta de respeito, o abuso e a intolerância. Como é que se ganha respeito, pregando ódio, intolerância e desamor?

Do mesmo modo, vemos cristãos se colocando no lugar de “juízes” e sentenciando as pessoas por suas escolhas. Vemos mães, abraçarem o ódio de forma tão vergonhosa à seus filhos, porque suas escolhas, não condizem com as dela. Então, vemos a rejeição, o desafeto, a falta de amor dentro da própria família.

Cada um há de arcar com o que faz e o que planta. Sobre o ódio promulgado entre “nós”, só queria dizer o mundo pode não aceitar quem você é, mas que você é muito bem-vindo em meu mundo.

Quando o respeito gritar mais alto, o amor vai se aproximar e cada ser humano vai começar a entender o outro. Respeitar a opinião do outro, não significa concordar com ela.

Mais amor não, mais respeito! Tem muita gente "pregando" amor por ai, mas não respeita nem o "vizinho".

Não somos RÓTULOS, somos pessoas. Assista ao vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=kd1tCHV4l6w


Kelly Soares

Daquelas mulheres fenomenais, que gostam de viagens incríveis, histórias surpreendentes e pessoais sensacionais! .
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/sociedade// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Kelly Soares