polimorfismo cultural

A cultura transposta num polimorfismo de subversão cognitiva... pare, leia e transcenda!

Leandro Godoy

Sou o criador, editor chefe e escritor do site Cinema e Fúria. Gosto dos mais malucos exploitations, aos cultuados filmes de arte até ao mainstream do cinemão pipoca. Meus outros interesses são: odontologia, literatura e música.

15 Filmes Distópicos

A distopia está sempre em conexão com nosso mundo, ela está inserida no contexto macabro personificado em realidades alternativas do que poderá vir a ser o nosso destino. Como na obra de Platão ''A Caverna'', estamos acorrentados e impotentes olhando para a sua sombra mas ao contrário do que escreveu Platão, não desejamos conhece-la e ela está mais próxima e tangível do que imaginamos.


883101_445442852202167_407733688_o.jpg Metrópolis (Fritz Lang, 1927)

As distopias são geralmente caracterizadas pelo totalitarismo, autoritarismo, por opressivo controle da sociedade. Nelas, caem as cortinas, e a sociedade mostra-se corruptível; as normas criadas para o bem comum mostram-se flexíveis. A tecnologia é usada como ferramenta de controle, seja do Estado, seja de instituições ou mesmo de corporações. Distopias são frequentemente criadas como avisos ou como sátiras, mostrando as atuais convenções sociais e limites extrapolados ao máximo. Nesse aspecto, diferem fundamentalmente do conceito de utopia, pois as utopias são sistemas sociais idealizados e não têm raízes na nossa sociedade atual, figurando em outra época ou tempo ou após uma grande descontinuidade histórica. Fonte: Wikipédia

Lembrando que os filmes não estão listados de forma hierárquica e sim aleatória.

1- Metrópolis Diretor: Fritz Lang País: Alemanha Ano: 1927

Sinopse: Metrópolis, ano 2026. Os poderosos ficam na superfície e lá há o Jardim dos Prazeres, para os filhos dos mestres, enquanto os operários, em regime de escravidão, trabalham bem abaixo da superfície, na Cidade dos Operários. Esta poderosa cidade é governada por Joh Fredersen (Alfred Abel), um insensível capitalista cujo único filho, Freder (Gustav Fröhlich), leva uma vida idílica, desfrutando dos maravilhosos jardins. Mas um dia Freder conhece Maria (Brigitte Helm), a líder espiritual dos operários, que cuida dos filhos dos escravos. Ele conversa com seu pai, que diz que é assim que as coisas devem ser quando Josaphat (Theodor Loos) é demitido por Joh, por não ter mostrado plantas que estavam em poder dos operários. Freder pede a ajuda dele e vê as condições que existem no subsolo. Paralelamente Rotwang (Rudolf Klein-Rogge), um inventor louco que está a serviço de Joh, diz ao seu patrão que seu trabalho está concluído, pois criou um robô à imagem do homem, que nunca se cansa ou comete erro, e diz que agora não haverá necessidade de trabalhadores humanos, sendo que em breve terá um robô que ninguém conseguirá diferenciar de um ser vivo. Além disto decifra as plantas, que são de antigas catacumbas que ficam na parte mais profunda da cidade. Curioso em saber o que interessa tanto aos operários, Joh e Rotwang decidem espioná-los usando uma passagem secreta. Ao assistir a uma reunião, onde Maria prega aos operários lhes implorando que rejeitem o uso de violência para melhorar o destino e pensar em termos de amor, dizendo ainda que o Salvador algum dia virá na forma de um mediador. Mas mesmo este menor ato de desafio é muito para Joh, que ouviu a fala na companhia de Rotwang. Assim, Joh ordena que o robô tenha a aparência de Maria e diz para Rotwang escondê-la na sua casa, para que o robô se infiltre entre os operários para semear a discórdia entre eles e destruir a confiança que sentem por Maria. Mas Joh não podia imaginar uma coisa: Freder está apaixonado por Maria.

2- A Clockwork Orange (Laranja Mecânica) Diretor: Stanley Kubrick País: Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte Ano: 1971

Sinopse: Em uma desolada Inglaterra do futuro, a violência das gangues juvenis impera, provocando um clima de terror. Alex (Malcolm McDowell) lidera uma das gangues e, após praticar vários crimes, é preso e submetido à reeducação pelo Estado, com base em uma técnica de reflexos condicionados. Quando ele volta à sua vida em liberdade, é perseguido por aqueles que foram suas vítimas, Mr. Alexander (Patrick Magee) e sua esposa.

3- 1984 Diretor: Michael Radford País: Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte Ano: 1984

Sinopse: Adaptação do clássico homônimo de George Orwell. Vivendo sob um governo autoritário e que tem o controle total sobre cada ação dos cidadãos, proibindo qualquer tipo de emoção, o burocrata Winston Smith enfrenta problemas ao se apaixonar por Julia.

4- Blade Runner (Blade Runner, O Caçador de Andróides) Diretor: Ridley Scott País: Estados Unidos da América Ano: 1982

Sinopse: No início do século XXI, uma grande corporação desenvolve um robô que é mais forte e ágil que o ser humano e se equiparando em inteligência. São conhecidos como replicantes e utilizados como escravos na colonização e exploração de outros planetas. Mas, quando um grupo dos robôs mais evoluídos provoca um motim, em uma colônia fora da Terra, este incidente faz os replicantes serem considerados ilegais na Terra, sob pena de morte. A partir de então, policiais de um esquadrão de elite, conhecidos como Blade Runner, têm ordem de atirar para matar em replicantes encontrados na Terra, mas tal ato não é chamado de execução e sim de remoção. Até que, em novembro de 2019, em Los Angeles, quando cinco replicantes chegam à Terra, um ex-Blade Runner (Harrison Ford) é encarregado de caçá-los.

5- Fahrenheit 451 Diretor: François Truffaut País: Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte Ano: 1966

Sinopse: Em um Estado totalitário em um futuro próximo, os "bombeiros" têm como função principal queimar qualquer tipo de material impresso, pois foi convencionado que literatura um propagador da infelicidade.

6- Brazil Diretor: Terry Gilliam País: Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte Ano: 1985

Sinopse: Sam Lowry (Jonathan Pryce) vive num Estado totalitário, controlado pelos computadores e pela burocracia. Neste Estado, que lida com o terrorismo, todos são governados por fichas e cartões de crédito e ainda precisam pagar por tudo, até mesmo a permanência na prisão. Neste mundo opressivo Sam acaba se apaixonando por Jill (Kim Greist), uma terrorista.

7- Alphaville, une Étrange Aventure de Lemmy Caution (Alphaville) Diretor: Jean-Luc Godard País: França Ano: 1966

Sinopse: O agente secreto Lemmy Caution parte em missão para a cidade futurista de Alphaville (onde os sentimentos foram abolidos) com o objetivo de persuadir o professor von Braun a voltar aos planetas exteriores. Natacha, filha do professor, lhe serve de guia. Lemmy reencontra Henri Dickson, antigo agente secreto, que lhe envia uma mensagem para destruir Alpha 60 e salvar aqueles que choram. Lemmy presencia uma execução pública. Depois, é submetido a um interrogatório conduzido por Alpha 60, o computador que governa a cidade, e é condenado à morte. Natacha, aos prantos, lhe murmura as palavras proibidas.

8- Mad Max 2: The Road Warrior (Mad Max 2 - A Caçada Continua) Direção: George Miller País: Austrália Ano: 1981

Sinopse: No futuro o bem mais precioso é a gasolina, em virtude de uma guerra que acabou com os campos petrolíferos do Oriente Médio. Tendo combustível pode-se fugir da morte ou se dirigir a algum lugar para matar alguém. Neste contexto, Max (Mel Gibson) resolve ajudar uma comunidade a defender sua refinaria contra uma gangue de motoqueiros.

9- Akira Diretor: Katsuhiro Ôtomo País: Japão Ano: 1988

Sinopse: Kaneda é um líder da gangue de motoqueiros, que tem um amigo próximo envolvido em um projeto governamental secreto chamado Akira. Para salvar seu amigo, Kaneda pede ajuda para vários grupos como: ativistas anti-governo, políticos gananciosos, cientistas irresponsáveis e poderosas forças militares. Durante o confronto, Tetsuo recebe uma força sobrenatural que resulta em conseqüências para o resto de sua vida.

10- Batoru Rowaiaru (Batalha Real/ Battle Royale) Diretor: Kinji Fukasaku País: Japão Ano: 2000

Sinopse: Um grupo de estudantes japoneses foi mandado para uma ilha deserta por um governo fascista. Munidos de provisões, armas e mapas, eles são dispersados pela ilha e têm de matar uns aos outros em três dias. Cada um tem de usar um colar que explode em caso de quebra das regras.

11- Kôkaku Kidôtai (O Fantasma do Futuro/ Ghost in the Shell) Diretor: Mamoru Oshii País: Japão Ano: 1995

Sinopse: Em 2029, a Major Motoko é uma agente cibernética, líder do Esquadrão Shell. Ela foi tão modificada que pouco mais do que seu “fantasma” sobrou em seu corpo. Junto com seus parceiros, o ciborgue Batou e o quase humano Togusa, ela caça um criminoso especialista em computadores chamado de Mestre das Marionetes. Ele é, aparentemente, um hacker capaz de entrar na mente de outros e comandá-los.

12- Children of Men (Filhos da Esperança) Diretor: Alfonso Cuarón País: Estados Unidos da América Ano: 2006

Sinopse: 2027. Não se sabe o motivo, mas as mulheres não conseguem mais engravidar. O mais novo ser humano morreu aos 18 anos e a humanidade discute seriamente a possibilidade de extinção. Theodore Faron (Clive Owen) é um ex-ativista desiludido que se tornou um burocrata e que vive em uma Londres arrasada pela violência e pelas seitas nacionalistas em guerra. Procurado por sua ex-esposa Julian (Julianne Moore), Theodore é apresentado a uma jovem que misteriosamente está grávida. Eles passam a protegê-la a qualquer custo, por acreditar que a criança por vir seja a salvação da humanidade.

13- Twelve Monkeys (Os 12 Macacos) Diretor: Terry Gilliam País: Estados Unidos da América Ano: 1995

Sinopse: No ano de 2035, James Cole (Bruce Willis) aceita a missão de voltar ao passado para tentar decifrar mistério envolvendo vírus mortal que levou à morte da maior parte da humanidade. Tomado como louco, no passado, ele tenta provar sua sanidade a uma médica (Madeleine Stowe), sua única esperança de mudar o futuro.

14- If... (Se...) Diretor: Lindsay Anderson País: Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte Ano: 1968

Sinopse: "História alegórica sobre um revolucionário líder estudantil. A rebelião, a insatisfação com o status quo, o sentimento de liberdade, a necessidade de novas conquistas. Obra-prima do cinema inglês, vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes expondo ao mundo o cinema autoral e rebelde de Lindsay Anderson."

15- THX 1138 Diretor: George Lucas País: Estados Unidos da América Ano: 1971

thx 1138.jpg

Sinopse: O primeiro filme dirigido por George Lucas (de Star Wars) é uma obra psicodélica sobre um futuro asséptico onde a população é forçada a viver em grandes cidades subterrâneas controladas por computadores.

Coisas como o livre arbítrio, religião, desejos e sexo são proibidos. Todos são controlados por drogas que reprimem seus pensamentos e os deixam "dóceis" para fazerem suas funções na sociedade de maneira que não interfira no "equilíbrio" das coisas. Até que o humano THX-1138 (Robert Duvall) com sua parceira desafiam o sistema não apenas para defender seu romance (que é proibido), mas para tentar escapar da cidade subterrânea e viver livres no "mundo de cima".

Não é dificil notar as profundas influências de célebres obras como "Admirável Mundo Novo" de Aldous Huxley e "1984" de George Orwell.

Visite e conheça a página do Cinema e Fúria no facebook e o blog para ficar por dentro de mais opções de filmes dos mais variados temas. Obrigado.


Leandro Godoy

Sou o criador, editor chefe e escritor do site Cinema e Fúria. Gosto dos mais malucos exploitations, aos cultuados filmes de arte até ao mainstream do cinemão pipoca. Meus outros interesses são: odontologia, literatura e música..
Saiba como escrever na obvious.

deixe o seu comentário

Os comentários a este artigo são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não veiculam a opinião do autor do artigo sobre as matérias em questão.

comments powered by Disqus
version 21/s/cinema// @destaque, @obvious //Leandro Godoy