ponto cego

Incubador de pensamentos

Gustavo Serrate

Jornalista e cineasta independente de Brasília. Meus interesses transitam pelo cinema, quadrinhos, fotografia e toda forma de cultura independente ou marginalizada

  • Diesel - obvious 03.jpg
    Vin Diesel e o difícil ingresso no cinema americano

    Vin Diesel ( Mark Sinclair Vincent, ator, roteirista e produtor ) pode não ser conhecido como um dos grandes mestres da atuação, mas a história de sua entrada no cinema é curiosa e revela a ambição e porquê não, do talento, do sujeito

  • Foto.jpg
    O reencontro

    Como um filho descobriu a existência do pai através de uma foto, depois de uma vida inteira sem conhece-lo.

  • Divergente-05.jpg
    A distopia divergente

    Um olhar mais demorado sobre o filme "Divergente", e sobre o interesse renovado por ficções científicas distópicas

  • Bob Dylan obvious.jpg
    A fraude intelectual de Paulo Ghiraldeli contra o feminismo

    NÃO TINHA ACHADO NECESSÁRIO ME EXPRESSAR SOBRE A QUESTÃO DOS PROTESTOS-FEMININOS-CONTRA-O-ESTUPRO, PORQUE NÃO ACHEI QUE TINHA ALGO A ACRESCENTAR, MAS DEPOIS QUE LI O "ARGUMENTO" DO PAULO GHIRARDELI, AGORA EU TENHO ALGO GRAVE A DIZER.

  • Robert M. Pirsig e seu filho de motocicleta, atravessando os EUA
    Robert Pirsig Sobre qualidade do sistema educacional

    Qual é a relação entre um escritor atravessando os Estados Unidos de Motocicleta e a qualidade do sistema educacional baseado em notas?

  • diego002.jpg
    A literatura me salvou

    A história sobre como o escritor manauara, Diego Moraes, caiu no vazio de São Paulo, vivendo na sarjeta, fumando crack e foi salvo pela literatura

  • Tonight, you belong to me
    Song: Tonight You Belong To Me Artist: Eddie Vedder Album: Ukulele Songs Year: 2011 Lyrics: I know (I know) you belong To somebody new But tonight You belong to me Although (although) we're apart You are a part of my heart But tonight You belong to ...
  • 007.jpg
    Os cineastas dissidentes de Brasília

    A história da sobrevivência cultural de um grupo de viciados em cinema no meio da aridez brasiliense

  • 002.jpg
    O transeunte de Pelotas

    A música "Transeunte" do artista de Pelotas, Juliano Guerra, é uma ode ao flaneurismo, uma ode a arte de andar pelas ruas da cidade. Charles Baudelaire descreveria o ato de perambular pela cidade como uma aventura, mais dramática do que qualquer peça, mais rica em idéias do que qualquer livro. Flâneurs não tem objetivos práticos em mente, estão observando o cenário em seu redor. - É sobre isso que fala a música de Guerra, e em seu clipe, a busca estética foi por captar a essência, o sentimento desse poeta andarilho.

  • 011 Totoro.jpg
    Duplas Improváveis

    Em qualquer arte narrativa: seja a literatura, cinema, teatro, história em quadrinhos, ou video-game, o contraste criado pela diferença entre duas diferentes personalidades sempre gera um fruto proveitoso para o enredo. Nestas narrativas que combinam personagens de mundos totalmente opostos, unidas por algum fator externo, ocorre o supra-sumo do poder da dramaturgia: o conflito.

  • img 003.jpg
    Como seria estar por trás dos olhos de um autista?

    "O autismo me prendeu dentro de um corpo que eu não posso controlar" - conheça a história de Carly Fleischmann, uma adolescente que aprendeu a controlar o autismo para se comunicar através de palavras escritas em um computador após 11 anos de enclausuramento dentro de si mesma, e assista também o video interativo "Carly's Café", no qual você poderá vivenciar alguns minutos da experiência de um autista por trás dos olhos de um.

  • gaede08.jpg
    Adestradas para odiar

    As jovens gêmeas cantoras do Grupo Prussian Blue que trocaram a mensagem nazista de suas canções após conhecerem a maconha

  • filmarpraque 2 2 2 .jpg
    Filmar pra quê?

    Cineastas independentes da capital do Brasil expõem suas opiniões sobre o vício ou a necessidade de realizar filmes

  • Meninas
    Xingu: Onde o tempo passa sem pressa

    A criação do Parque Índigena do Xingu, em 1961, começou a preservação de
    um tesouro da humanidade. Mas como ficam os próximos cinquenta anos?

  • Monge Zen
    Meu coração queima como fogo

    Para se precaver de perder a própria identidade, e os ensinamentos do Zen Budismo quando veio para a América do Norte, este monge criou para si um código que praticava todos os dias.