ponto cego

Incubador de pensamentos

Gustavo Serrate

Jornalista e cineasta independente de Brasília. Meus interesses transitam pelo cinema, quadrinhos, fotografia e toda forma de cultura independente ou marginalizada

O reencontro

Como um filho descobriu a existência do pai através de uma foto, depois de uma vida inteira sem conhece-lo.


Jake Olson é um fotógrafo premiado internacionalmente, residente de Blair, Nebraska. Especializado em retratos, paisagens e fotografia comercial, a característica marcante de seu trabalho é que ele costuma trabalhar apenas com iluminação natural, escolhendo para isso os locais certos e a hora certa de fotografar com antecedência.

Foto.jpg

A fotografia deste post se chama "Aging storm Redux". No dia da foto, Jake estava a caminho de uma locação para fotografar uma família. Notou uma tempestade se aproximando e decidiu parar para fazer algumas imagens antes que começasse a chuva. James Spain, o senhor da foto, foi o primeiro a descer do carro, permaneceu em pé enquanto aguardava a família se preparar. Jake aproveitou para fazer algumas fotos dele, o vento começou a subir, a luz estava fraca por causa das nuvens tempestuosas. Nenhum flash foi utilizado, e a situação foi bastante espontânea, deixando para a pós, os cuidados finais com a foto, como reenquadramento e tratamento de cor. Tirou uma centena de fotos, até chegar no resultado perfeito quando o vento jogou para cima os cabelos de James, e deram à composição esta atmosfera onírica, quase irreal.

"Todos os fatores se uniram para que eu fosse capaz de fazer essa imagem - a tempestade, o vento, o cabelo, a expressão, o indivíduo e a locação - até hoje isso me impressiona", conta Jake Olson.

James Spain e seu filho, James Spain Jr. foram separados quando o bebê tinha apenas dois anos de idade. Por algum motivo, que o próprio Jake Olson não sabe explicar, sua fotografia foi publicada no National Geographic’s “Daily Dozen”. Em Oregon. Um amigo de James Spain Jr. viu a foto e lhe mandou uma mensagem com o link, por pura brincadeira: "Ei James, eu achei seu pai".

No fim das contas, ele era realmente o pai de James Spain Jr. Jake recebeu um e-mail de James Spain Jr. e não acreditou na história inicialmente, mas depois de um tempo foi provada que a paternidade era legítima e pai e filho reconectaram a relação após a publicação do jornal.

Conheça a página do fotógrafo Jake Olson

Publicado originalmente no site Kinólatra


Gustavo Serrate

Jornalista e cineasta independente de Brasília. Meus interesses transitam pelo cinema, quadrinhos, fotografia e toda forma de cultura independente ou marginalizada.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/fotografia// @destaque, @obvious //Gustavo Serrate