porpensardemais

Humano, Demasiado Humano

Núbia Ferreira

Música Brasileira: Esquecidos nos anos 20

Viva a poesia na música!


Na década de 1920 o Brasil vivenciou conflitos que demonstravam a insatisfação de setores da sociedade com os problemas que vinham enfrentando no país, questões políticas e sociais juntamente com a tensão pós-primeira guerra mundial. O que se produziu, em termos musicais na década de 1920 no Brasil ficou marcado como a autêntica música popular brasileira, de Gastão Formenti á Mário Reis, entre outros como Noel Rosa tocou-se poesia para a alma, estando presente nas letras sentimentos profundos e também melancólicos.

pp.jpg

A rádio Brasileira começou a ocupar espaço durante toda a década dos anos 20, o que foi um avanço, pois até então os principais meios de comunicação eram através de revistas e jornais. A rádio elitista da época tinha como objetivo disseminar a cultura e trazer informações, mas de fato os aparelhos de rádio eram muito caros, pois eram importados da Europa e dos Estados Unidos, o que contribuía para que fosse algo mais fechado á um público.

O acesso a musica era através do teatro musicado, partituras e discos que eram dirigidos á uma classe economicamente alta da sociedade, igualmente aos cantores que também pertenciam ao mesmo público de renda alta. Muitas emissoras de rádio foram criadas nesta época, como: Rádio Clube do Brasil, Rádio Educadora Paulista, Rádio Gazeta, Ceará Radio Clube entre outros, as programações refletiam os gostos da elite da época, óperas e conferências foram transmitidas durante toda década de 20.

O vozeirão junto à simpatia das interpretações quase faladas cantavam canções sobre as insatisfações amorosas, Mário Reis retrata na musica “Novo Amor” como quem diz: um amor vai curando o outro e assim a vida continua sempre dando voltas. Apesar da cultura machista da época, aonde o homem ainda era maioria representante de setores da sociedade, o romantismo era cultivado, a mulher intitulada como “sexo frágil” é questionada na musica “gosto que me enrosco”, aonde o então doutor do samba Mário Reis canta e encanta.

Recordemos dos bares que foram abrigos da boa conversa, das brigas e dos pobres coitados que não tiveram lá muita sorte no amor, na música “Conversa de Botequim” canta-se a vida cotidiana simples que passava vagarosamente. E quando se diz da melancolia, nada mais representável do que na música “Felicidade” de Noel Rosa, que foi e ainda é um ícone da musica popular brasileira.

Mário Reis

1.jpg Mário da Silveira Meireles Reis nasceu na cidade do Rio de Janeiro em 1907 vindo a falecer em 1981. Suas musicas alcançaram o sucesso ao lado também de Francisco Alves e Carmen Miranda.

Noel Rosa

2.jpg Noel de Medeiros Rosa nasceu na cidade do Rio de Janeiro em 1910 vindo a falecer em 1937. Considerado um dos mais importantes artistas da musica brasileira, conhecido também como poeta da vila, gostava da vida boêmia aonde vivia cercado por mulheres.

Francisco Alves

3.jpg Francisco de Morais Alves nasceu na cidade do Rio de Janeiro em 1898 vindo a falecer em 1952. Foi um dos mais populares cantores brasileiros conhecido também como o “Rei da Voz”.


version 20/s/musica// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Núbia Ferreira