progressão

"Welcome back my friends to the show that never ends"

Paola Domingues

"Seja ela, a liberdade, com todas as suas formas descritas, a mais válida talvez seja a música, que ultrapassa o tempo e o espaço, as dimensões e o raciocínio, penetra e expande para onde quer que você decida estar".

O mundo de Fantasia e a fantasia de Roger dean

O filme História sem fim marcou minha infância e a infância de muitos. "Sempre sonhei voar nas costas do Falcor – o dragão da sorte, que para mim se parecia mais com um cachorro gigante-".


foto01.jpg

Um verdadeiro “filme de Sessão da Tarde”, a trilogia de “Historia sem fim” (The NeverEnding History), encantou todas as crianças da década de 80/90 com sua arte e seu convite: Permitido voar...

O filme é baseado na obra de Michael Ende, escritor alemão que incorpora uma história cheia de ação e fantasia, dirigido pelo alemão Wolfgang Petersen, o mesmo diretor de filmes como “Tróia (2004)” e “Poseidon (2006)”. foto02.jpg

Lançado em 1984, o filme retrata um acontecimento mágico na vida de Bastian (Barret Oliver), ao fugir das crianças que queriam espancá-lo, Bastian entra em um Sebo, onde , instigado pelo Sr. Koreander, foge tendo consigo o livro “História sem fim”. No primeiro filme lançado, Bastian é mais expectador dos acontecimentos que devastavam Fantasia, tendo contato com a jovem imperatriz somente no final da história.

foto03.jpg

A trilogia tem continuação com o segundo e terceiro filme lançado nos anos 90 e 94, onde Bastian, interpretado por Jonathan Brandis, participa efetivamente de a “História sem fim” sendo parte do mundo Fantasia ou Fantasia fazendo parte de seu mundo real.

A fantasia no progressivo de Roger Dean

Ao criar uma sessão “remember” em casa assistindo História sem fim, muito me fez lembrar o artista Roger Dean e suas produções. Famoso por produzir as capas de bandas famosas - entre estas, as de rock progressivo “Yes” e “Uriah Heep” – o desenhista apela para a invenção, a busca ao novo em seus projetos artísticos. Numa afirmação feita pelo renomado guitarrista Steve Howe da banda Yes: “Há uma ligação muito forte entre o nosso som e a arte de Roger”. Devo concordar! O espírito de Dean se compactua com uma experiência progressiva. Um mundo de pura fantasia, com arcos de pedra, ilhas flutuantes, construções orgânicas , muito longe de ser reais, o que liga ao mundo de Fantasia e suas paisagens que percorrem todo o filme “História sem fim”. Reparem a seguir:

foto04.jpg Fig. 01 – Acima uma comparação entre a “torre de marfim” do filme e a “Green Tower”, criação de Roger Dean.

figura05.jpg Fig. 02: Acima, o caminho percorrido por Atreyu (filme) e logo abaixo, uma ilustração dos arcos retorcidos de Dean.

...Esta relação entre as obras realmente é bastante pessoal. Reza a lenda que houve inspiração nas obras de Dean para o cenário do filme “Avatar”, mas esta já é uma outra história...


Paola Domingues

"Seja ela, a liberdade, com todas as suas formas descritas, a mais válida talvez seja a música, que ultrapassa o tempo e o espaço, as dimensões e o raciocínio, penetra e expande para onde quer que você decida estar"..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/artes e ideias// //Paola Domingues