progressão

"Welcome back my friends to the show that never ends"

Paola Domingues

"Seja ela, a liberdade, com todas as suas formas descritas, a mais válida talvez seja a música, que ultrapassa o tempo e o espaço, as dimensões e o raciocínio, penetra e expande para onde quer que você decida estar".

The Dark side of the Rainbow

"Dark Side of the Rainbow" ou "Dark side of Oz" são as expressões utilizadas para o estudo que compete a entender a relação entre o filme "O Mágico de Oz" e o álbum "Dark Side of the Moon", o que a banda afirma não haver.


Corbis-42-27537968.jpg

Incrédulos ou não, a história que permeiam as coincidências geradas pelo filme "O Mágico de Oz" (1939) e o álbum da banda Pink Floyd "Dark Side of the Monn" (1973) intrigam as cabeças dos fãs pelo mundo todo.

O oitavo álbum da banda de rock progressivo Pink Floyd é aquilo que chamamos de álbum conceitual. Entre os mais famosos da banda e sucesso mundial, o "Dark side of the Moon" eternizou o nome Pink Floyd entre as bandas mais importantes da história do rock. Inspirados na vida de Syd Barret, ex integrante da banda devido ao uso demasiado de entorpecentes, os integrantes Waters, Gilmore, Mason e Wright, desenvolveram um conjunto de faixas musicais cheios de experimentações que relatam uma outra dimensão da mente humana, o que entende-se sobre o "lado negro da lua", uma metáfora ao "lado negro ou oculto do ser humano".

Dark-Side-of-the-Moon---C-008.jpg

Essa viagem psicodélica encaixa perfeitamente às imaginações de uma garotinha criada pelo escritor L. Frank Baum que, ao ser capturada por um tornado juntamente com seu fiel cachorrinho Toto, visita uma terra fantástica, de encantamentos e sonhos e parte para uma jornada junto com seus companheiros à busca do Mágico da terra de Oz, para retornar ao lar. Dorothy encontra em seu caminho rumo ao palácio de Oz, um espantalho que sonha ter um cérebro,um homem de lata que sonha ter um coração e um leão, que sonha ser bravo e corajoso. Dorothy os convence a acompanhá-la para que Oz lhes concedam os desejos.

Segundo a teoria, a sincronização é permitida quando após o terceiro rugido do Leão da MGM é dado o "play" no disco do "Dark side".

Se observarem em um primeiro ponto, antes da cena da canção "Somewhere over the rainbow", Dorothy divaga em seus pensamentos numa conversa com seu cachorro Toto: _There must be. It's not a place you can get to by a boat or a train. lt's far, far away...Behind the moon...beyond the rain.... (Tem de haver. Não um lugar que se possa ir por barco ou trem. É um lugar longe, muito longe... atrás da lua... além da chuva...

A duração de cada faixa coincide com a duração da cena de "O Mágico de Oz", como no exemplo a seguir, onde Dorothy passa pelo ciclone, e ao chegar na Terra de Oz, o filme se torna colorido e ao pisar nos tijolos dourados do caminho, a música "The great gig in the sky" termina e passa a tocar "Money"... incrível!!!

Mais relações se dão no filme. Além das músicas, mas também os elementos, como a ponte em forma triangular que remete ao prisma que caracteriza o álbum ou a caveira que fica localizada na sala do professor Marvel: dorothy-e-a-ponte.jpg

Outro enigma levantado, estão nos elementos do álbum "PULSE" (1994), onde são encontrados os grandes sucessos de Pink Floyd ao vivo, inclusive as músicas do álbum "Dark Side". Se observar por exemplo, no globo ocular da capa, avista-se uma bicicleta (muito parecida com que a vizinha de Dorothy utiliza)... pulse.jpg

Apesar dos inúmeros fatos, David Gilmour e Nick Mason negaram ter uma conexão entre as duas obras. Numa entrevista para a MTV em 2002, a banda Pink Floyd afirma que não poderia esta relação ser planejada por não poderem reproduzir o filme no estúdio.

Particularmente é um filme que tenho "de cabeceira". Além de uma superprodução da época, vale apreciar os detalhes e comparações.

darksideofoz.jpg


Paola Domingues

"Seja ela, a liberdade, com todas as suas formas descritas, a mais válida talvez seja a música, que ultrapassa o tempo e o espaço, as dimensões e o raciocínio, penetra e expande para onde quer que você decida estar"..
Saiba como escrever na obvious.
version 6/s/cinema// @destaque, @obvious //Paola Domingues