progressão

"Welcome back my friends to the show that never ends"

Paola Domingues

"Seja ela, a liberdade, com todas as suas formas descritas, a mais válida talvez seja a música, que ultrapassa o tempo e o espaço, as dimensões e o raciocínio, penetra e expande para onde quer que você decida estar".

1970 - Pink Floyd e o Disco da Vaca

Seguindo o idealismo de experimentações individuais, o álbum de 1970 “Atom heart Mother” dá jus às observações e aos mistérios que cavam a seu redor. O “disco da vaca” como por muitos é conhecido, tornou-se um símbolo à banda e ao universo do rock... símbolo de uma nova fase.


Atom Heart Mother - front.jpg 1970: A capa do álbum "Atom Heart Mother" repercutiu em todo o mundo. Elogiado por muitos e criticado por tantos, o disco sem dúvida marcou uma nova fase da banda.

Outro ponto em particular é a percepção que cada faixa foi composta por um integrante e seu instrumento, desvencilhando uma faixa de outra, apesar de girar em um mesmo tema principal. Por tratar de um som totalmente singular e introspectivo de cada músico, essa característica – que já era parte do objetivo da banda em outras produções- , fica cada vez mais notável. Outra observação importante do “Atom” é o encaminhamento musical que a banda passa a transmitir. Uma sonoridade menos espacial, o que, para muitos críticos, foi um passo que a banda deu pra trás. A inclusão de uma orquestra confirma um importante relato que a produção “Atom heart Mother” e as apresentações da banda, tornam a ficar cada vez parte de um espetáculo.

tumblr_malw1pRd3s1rcky5bo1_1280.jpg Apresentação da banda em 1970

As composições, embora muito particulares e outras mesmo em grupo, voltam a um sujeito mundialmente conhecido nas músicas do Pink Floyd, principalmente no álbum “Darkside of the Moon”: o “lunático”. Mas não se engane, a banda de rock progressivo continuava a reciclar composições de outros álbuns que não foram utilizadas, inclusive a primeira faixa “Atom heart MoTher” dividida em seis partes que traz trabalhos executados no “Saucerful of Secrets” e também na “Alan´s Psychodelic Breakfast”, dividida em três partes.

E, ao observar a música “Alan´s Psychodelic Breakfast”, os elementos da introdução são extremamente envolventes para o “conto da história”. Traz movimentações reais do nosso dia-a-dia. Esses efeitos já eram conhecidos em álbuns anteriores da banda, como a utilização de sons espaciais e até mesmo de seres vivos, como pássaros e roedores, mas de instrumentos do nosso cotidiano, foi realmente uma particularidade que deu inicio neste álbum.

Essa fase de transformação da banda, não agradou de fato os músicos que, apesar do sucesso disparado entre as rádios da Inglaterra e a longa turnê da banda pelos EUA, afirmam que seria melhor “jogá-lo em uma gaveta para nunca mais ouvir”, segundo Waters e, segundo Gilmore, trata-se “de um monte de besteira”.

tumblr_mghzuouEF51s0hedno1_1280.jpg

O misterioso “causo” da vaca

O histórico enigmático das obras de arte (que podem ser realmente chamadas de obras de arte essas produções) nas capas protetoras dos LP´s da banda Pink Floyd, sempre causaram indagações. Como na já comentada, sobre o “mistério de Ummagumma”, um dos artigos já lançados (leia aqui). Porém, o álbum de 1970 foi além, classificando-se como historicamente enigmático em toda a historia da música.

tumblr_mes4wpqW2N1ru2ssyo1_500.jpg "Uma releitura inusitada do álbum encontrada na internet - precisava postar"

Existem várias teses que defendem o motivo da senhorita Rês Lullubelle III (a vaca), ser a estrela da capa de uma das bandas mais famosas do mundo todo, mas vamos as mais plausíveis: 1. O rock surtia um efeito negativo nas pessoas mais velhas, como os pais daqueles que ouviam Pink Floyd. Ao compor uma capa mais “inocente”, desviaria o olhar e os questionamentos que pudessem ocorrer sobre o seu conteúdo. 2. Há ligação do comportamento da vaca como mãe. Por ser considerada uma boa mãe da terra, tomou seu posto no indiscutível “Atom heart Mother” (Coração atômico de mãe), que aliás, este titulo foi concebido após Waters ler uma noticia em um jornal local sobre uma mãe que estaria para receber um marca-passos atômico em seu coração. Ambas dão sentido ao motivo da vaca fazer parte do disco. Thorgerson foi o fotografo da estrela. Ao inspirar-se em um papel de parede de Andy Warhol, saiu pela Inglaterra à busca da musa perfeita. Entre tantos questionamentos sobre o álbum, é importante fixarmos sobre a nova fase que a banda tomava com este lançamento de 1970. Criticado por muitos e elogiado por tantos outros, é indiscutível o fato que esta produção veio para configurar a nova etapa da banda, que preparava o terreno para as inspirações do que viria ser o melhor trabalho realizado de todos os tempos (na minha opinião): Darkside of the Moon.

tumblr_mgdduyHgdC1qirstao1_500.jpg Adaptação que muitos preferem chamar de "Atom Heart Moon"

Mais informações: Clique aqui


Paola Domingues

"Seja ela, a liberdade, com todas as suas formas descritas, a mais válida talvez seja a música, que ultrapassa o tempo e o espaço, as dimensões e o raciocínio, penetra e expande para onde quer que você decida estar"..
Saiba como escrever na obvious.
version 3/s/musica// //Paola Domingues