progressão

"Welcome back my friends to the show that never ends"

Paola Domingues

"Seja ela, a liberdade, com todas as suas formas descritas, a mais válida talvez seja a música, que ultrapassa o tempo e o espaço, as dimensões e o raciocínio, penetra e expande para onde quer que você decida estar".

Dark Side of the Moon - O mais próximo que podemos chegar

Há 41 anos, a banda Pink Floyd lança o álbum Dark Side of The Moon que mudaria a história do rock no mundo. Em 1974, a BBC transmite o show completo do álbum Dark Side, durante a turnê de inverno Britânica. O trabalho excepcional de remasterização deste arquivo é o mais próximo que podemos chegar daquela atmosfera setentista, explosão de sucesso da banda.


O oitavo álbum da banda Pink Floyd completou no último dia 24, seus 41 anos. Dark Side of The Moon é considerado um dos melhores discos produzidos na história do rock mundial.

tumblr_n1iud6RWFN1rb4rqao1_500.jpg

Dark Side of The Moon expandiu-se numa força gigante que nem mesmo a própria banda Pink Floyd não soube como lidar. O trabalho foi considerado pelos críticos como o poder e o equilibro perfeito, que a banda vinha trabalhando ao longo dos últimos anos. Alan Parsons, o fiel e amigo engenheiro de som, fez questão de mesclar complicadas e precisas formas de efeitos sonoros, junto a exploração de elementos simples para garantir um bom resultado, com a utilização de sintetizadores e sequenciadores, que davam formas ao contexto espacial do álbum.

Dark Side of The Moon, diferentemente de todos os outros álbuns anteriores, buscou resgatar questionamentos filosóficos do ser humano atual - parte que passou a caracterizar grande parte dos temas concebidos após 1973 -, trazendo à tona, a realidade do cotidiano do ser humano atual, em busca do dinheiro (money), do tempo (time) e da solidão (us and them).

tumblr_n259t7Thf61t6lb6ao1_250.gif

Incrível, simples e enigmático também foi a produção da capa do álbum, feita por Storm Thorgerson. Segundo as várias lendas que percorre sobre o real intuito da banda, são a que Richard Wright, inspirado por uma viagem ao Egito, sugeriu somar todos os questionamentos filosóficos a um simbolo das construções mais enigmáticas da história do mundo: as pirâmides do Egito, transformando-a em um formato simples geométrico, o prisma, que, por sua vez, tem papel fundamental na observação do espectro solar, desmistificando a luz e nossa percepção do mundo.

tumblr_n1l5soNn0i1toat3zo1_500.jpg Registro de uma das gravações no Estúdio da Abbey Road

Enfim, este projeto é, sem dúvidas, um dos mais belos artefatos produzidos pelas mãos do homem. Não há uma só virgula ou traçado que não tenha sido refletida ou questionada.

tumblr_n2b2erQqqU1tn7balo1_500.gif

"Aos que perguntam qual o meu álbum preferido do Pink Floyd, não hesito em dizer: Dark Side of the Moon. Não só pela complexidade filosofica e a proximidade dos assuntos que ele aborda, mas também pela atmosfera alcançada graças aos efeitos sonoros vigorosamente trabalhados - sem exageros quando afirmo ouvi-lo praticamente todos os dias-".

Em 2013, a banda Pink Floyd promoveu uma super produção comemorativa aos 40 anos do álbum, o "Immersion Boxset", um conjunto de materiais áudio-visuais que dão forma e cor para os amantes de Pink Floyd.

O elemento de maior destaque, reproduz um dos ápices de sucesso da banda: O Show no Empire Pool, em Wembley, Londres, durante a turnê de inverno britânica, "Decline And Fall Of The British Empire". Produzido pela Sigma, que registra a última noite de apresentação e que obteve o melhor resultado de remasterização desde então. A qualidade do som é excelente, sendo claro e muito detalhado, podendo ser a melhor fonte de audiência de 1974.

tumblr_mqgipaOn0l1rdw5a7o3_500.jpg Wembley, 74

O show do Wembley, que completa seus 40 anos em novembro é um dos trabalhos registrados que mais se aproxima da fidelidade daquela noite. O trabalho excepcional de remasterização é o mais próximo que podemos chegar daquela atmosfera setentista, explosão de sucesso da banda. Entre as músicas do álbum de 73, também foram incluídas "Raving and drooling", "You Gotta be crazy" e "echoes", além da inédita "Shine on you crazy Diamond".

É impossível falarmos de Dark Side of The Moon em um único artigo, por isso trabalharemos sobre o assunto em doses homeopáticas. Continue acompanhando a página Progressão e fique por dentro dos assuntos mais enigmáticos da história do rock.

http://portalrockline.com.br/ http://thinkfloyd61.blogspot.com.br/ http://www.alquimiarockclub.com.br/


Paola Domingues

"Seja ela, a liberdade, com todas as suas formas descritas, a mais válida talvez seja a música, que ultrapassa o tempo e o espaço, as dimensões e o raciocínio, penetra e expande para onde quer que você decida estar"..
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/musica// @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Paola Domingues