pseudalopex

O pensador impõe, o sonhador obedece.

Haylane Rodrigues

Eu sou filha da lua, da tribo de Ártemis

Desde as Árias Sertânicas do Sertão Profundo

«Existe um “sertão clássico” ou “ideal”, que se alicerça na convicção de existência, em um tempo pretérito indefinido, de um território interior habitado por pessoas que orientavam suas ações a partir de sentimentos de justiça, dignidade, honra, nobreza e coragem. Um “sertão histórico-geográfico”, que se delineia a partir de cantadores, tropeiros, catingueiros. E por fim, um “sertão profundo” ou “sertão de dentro”, sertão da criação artística, sertão que se constrói pelo específico labor estético-poético.»


Numa homenagem ao cantor e compositor brasileiro Elomar Figueira Mello, o documentário para a 25ª edição do Programa Ocupação Itaú Cultural traz o bom dialeto "sertanez" com depoimentos de Gilson Bonfim, João Omar, Xangai, Heraldo do Monte, Maria Helena Carrasqueira e Jurema Paes sobre vida e obra do autor de "Sertanílias" desde as Barrancas do Rio Gavião, bem como nos vem a brindar com belíssimas imagens do Sertão Profundo (aquele lugar vaporoso, que se desmancha toda vez que se alcança) e um pouco da poética desse "desertão" nordestino cujas raízes remontam a antigas tradições ibéricas e árabes.

Para mais informações, acessem: http://www.itaucultural.org.br/ocupacao/elomar/


Haylane Rodrigues

Eu sou filha da lua, da tribo de Ártemis.
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/musica// //Haylane Rodrigues