questionando histórias

Pois quem nos move são as nossas perguntas

Leandro Dupré Cardoso

Se você leu até o final eu lhe agradeço. É um bom sinal cujo real caminho desconheço. Mas espero que, afinal, ele te leve a um novo começo.

  • sunset-3740996_1920.jpg
    O olho do monstro

    A palavra "monstro" veio do latim "monstrum". Que por sua vez é derivada do verbo "monstrare", similar ao "mostrar" do português.
    Assim, um monstro nada mais seria do que "aquilo que é mostrado, sinal, advertência". Só isso. Não há nada na origem da palavra relativo a algo necessariamente maligno ou perigoso. Trata-se apenas de uma demonstração da mais pura verdade. E ela dói... É essa realidade dura e difícil de engolir que faz com que vejamos um monstro como um inimigo a ser destruído. Ou pelo menos a ser varrido para baixo do tapete bem depressa...

  • system-2660914_1920.jpg
    Atam-vos nós
    Vida líquida, Lago que vaza sem se conter. Aspirantes do futuro Que não veem o presente correr. Sem atinar, Sem se atentar, Sem tempo. Mas a essência não mente: Apesar de parecerem ausentes Lá estão os laços, Os nós que nos atam Na mesma ...
  • IMG_20190909_233102_311.JPG
    O Pinheiro e a Semente da Discórdia

    Sempre inerte. Preso. Impassível.
    Quando a natureza lhe dá raízes que o fincam à terra não há muito para onde correr.
    É um grande desafio para os vegetais assistirem calados às calamidades que os cercam.
    Mas é no tronco de um desses pinheiros aflitos que a história da Floresta Caduca permanecerá para sempre gravada.

  • wall-3072545_1920.jpg
    Playlist - Vidas em Medley

    Música e literatura podem ser combinadas num ritmo novo. Basta permitir que o ressoar das palavras suavemente lhe carregue para desfrutar de novos níveis de vibração...

  • sunrise-1014712_1920.jpg
    À deriva

    "Quem vem pra beira do mar, ai
    Nunca mais quer voltar.
    Andei por andar, andei
    E todo caminho deu no mar.
    Andei pelo mar, andei
    Nas águas de Dona Janaína.
    A onda do mar leva,
    A onda do mar traz.
    Quem vem pra beira da praia, meu bem,
    Não volta nunca mais."

  • woman-3959676_1920.jpg
    O jogo final

    O ser humano é um animal social. Resistiu como espécie a partir do apoio mútuo de seus grupos. Mas diante de uma ameaça evidente a sua atitude não é muito diferente dos demais: lutar ou correr pela própria sobrevivência em primeiro lugar. Ao ser acuado, a razão foge e dá lugar ao instinto. A ânsia feroz, inconsequente. Destruidora de tudo o que vê pela frente.

  • man-1461448_1920.jpg
    Entrevistando o demônio

    Um método terapêutico que utiliza a empatia nos tratamentos. Um psiquiatra especialista, professor da Universidade de Londres. E uma missão: curar um psicopata em 28 dias.
    Nicholas Flamme não gostava da ideia de ter um dia limite para criar toda a empatia que precisava com o assassino Haryel Kitten, mas o prazo do tribunal era esse. Agora lhe resta conhecer e reabilitar o quanto antes o frio indivíduo com quem interage. A não ser que ele próprio seja envolvido com as lições que o psicopata pretende lhe impor...

  • dragon-1293373_1280.jpg
    Drako e a Elite dos Dragões Dourados

    Voar é o sonho coletivo. O desejo de ir além. Aspiração pela liberdade.
    Só que não se basta: voar sim, mas para onde? O que realmente fazer com a nossa liberdade enfim alcançada? Definir os nossos objetivos é essencial para não pairar às cegas. É preciso saber bem o caminho que se deseja trilhar antes de tirar os pés do chão caso pretenda evitar pousos forçados mais dolorosos...

  • O duplo espelho.jpg
    O duplo espelho: A (auto)reflexividade da obra clariceana “Um sopro de vida (Pulsações)”

    Muito além de obras literárias amplamente reconhecidas, Clarice Lispector nos deixou a lembrança de que a vida é uma fonte abundante de aprendizado de onde se deve beber regularmente a fim de saciar a nossa sede de autoconhecimento.

  • hands-1222866_1920.jpg
    Roda gigante

    O que está acima é como o que está abaixo.
    O que está dentro é como o que está fora.

  • guitar-946701_1920.jpg
    Playlist – Vidas em Singles

    Sempre tem uma música que a gente não quer deixar de ouvir. O corpo se energiza. O som segue latejando na cabeça. Fica aquela vontade de continuar, de saber mais sobre aquela história... E a literatura pode ser um ótimo meio para fazer a composição ficar ainda mais vibrante.

  • cherry-blossom-3308735_1920.jpg
    Procura-se

    "Viva sem medo, pois o guerreiro não deve temer o vento que sopra, mas deve lembrar que a vida é frágil como uma flor." (Sabedoria oriental)

  • portrait-915230_1920.jpg
    A raiz da maldade

    O que faz uma pessoa se tornar uma psicopata?
    Um fator genético, uma infância conturbada ou uma conjunção perversa de ambos os fatores?
    Iuri acredita na humanidade. Crê que o mal ao nosso redor só ocorre por causa de alguma motivação específica que provoca uma reação disforme das pessoas que o originaram. Mas uma série de assassinatos locais pode lhe levar a novos pontos de vista...

  • army-305276_1280.png
    As Quimeras da Guerra

    Tensão, fome, luta pela sobrevivência. Com um mundo em ruínas, a racionalidade deixa de ser uma vantagem humana. Os instintos animais florescem, o egoísmo se torna uma marca inevitável de garantia da própria vida acima de tudo. Os constantes conflitos fazem do exército a instituição mais influente do globo. Mas somente os guerreiros mais virtuosos é que poderão efetivamente mudar o curso da humanidade.

  • road-sign-464659_1920.jpg
    Bilboquê

    Eu necessito de um bilboquê. Ou melhor, ninguém nunca morreu por ter deixado de jogar bilboquê então eu não necessito, apenas quero um bilboquê. Mas haverá realmente diferença entre querer e necessitar? A essencialidade e o valor emocional de algo não acabam sendo definidos de uma maneira muito mais subjetiva do que diz o protocolo?