questionando histórias

Pois quem nos move são as nossas perguntas

Leandro Dupré Cardoso

Se você leu até o final eu lhe agradeço. É um bom sinal cujo real caminho desconheço. Mas espero que, afinal, ele te leve a um novo começo.

  • cherry-blossom-3308735_1920.jpg
    Procura-se

    "Viva sem medo, pois o guerreiro não deve temer o vento que sopra, mas deve lembrar que a vida é frágil como uma flor." (Sabedoria oriental)

  • portrait-915230_1920.jpg
    A raiz da maldade

    O que faz uma pessoa se tornar uma psicopata?
    Um fator genético, uma infância conturbada ou uma conjunção perversa de ambos os fatores?
    Iuri acredita na humanidade. Crê que o mal ao nosso redor só ocorre por causa de alguma motivação específica que provoca uma reação disforme das pessoas que o originaram. Mas uma série de assassinatos locais pode lhe levar a novos pontos de vista...

  • army-305276_1280.png
    As Quimeras da Guerra

    Tensão, fome, luta pela sobrevivência. Com um mundo em ruínas, a racionalidade deixa de ser uma vantagem humana. Os instintos animais florescem, o egoísmo se torna uma marca inevitável de garantia da própria vida acima de tudo. Os constantes conflitos fazem do exército a instituição mais influente do globo. Mas somente os guerreiros mais virtuosos é que poderão efetivamente mudar o curso da humanidade.

  • road-sign-464659_1920.jpg
    Bilboquê

    Eu necessito de um bilboquê. Ou melhor, ninguém nunca morreu por ter deixado de jogar bilboquê então eu não necessito, apenas quero um bilboquê. Mas haverá realmente diferença entre querer e necessitar? A essencialidade e o valor emocional de algo não acabam sendo definidos de uma maneira muito mais subjetiva do que diz o protocolo?

  • depression-2912424_1280.jpg
    O devorador de almas

    A vida não se acaba quando termina. Ainda que de forma diferente, a mesma energia que vibrava continua presente, pulsando. No caso, fervilhando. Pois um matador de aluguel não iria parar os seus serviços só porque passou desta para pior. Uma nova e instigante posição o aguarda. O pós-vida será capaz de reservar surpresas que só um coração escaldado pode desvendar.

  • winter-2945906_1920.jpg
    Entre Quixotes e Sanchos

    Um sonhador que procura abrilhantar os terrenos mais inférteis que vê. Um realista que encara a vida como realmente é. Essa disputa já é antiga, mas quem tem realmente razão nessa história? Ou será que o conflito entre partes antagônicas, aparentemente o principal problema a ser resolvido, não deixa de ser a própria solução para o caso?

  • beach-768587_1920.jpg
    O chamado dos bisões

    O clima frio pode infligir uma solidão avassaladora. Uma angustiante sensação de que a abundância se foi e a calamidade só tende a piorar. Mas o inverno não é o fim do mundo para um bisão: ele só precisa migrar. Mover-se até os lugares mais quentes. Entretanto, no trajeto existirão sempre obstáculos cada vez mais desafiadores. Vai ser preciso perceber de verdade os sinais de seus ancestrais para seguir em frente nessa jornada rumo a uma nova esperança.

  • gangster-539993_1920.jpg
    Não chore

    Bem quando a garota que desenha prisioneirxs prepara o esboço de uma canetada aguçada demais para qualquer fibra pelo caminho é que o universo recebe um vociferante grito rabiscado de indignação. Perderam-se os limites, não há mais lei que seja igual para todos. É preciso se revoltar, reclamar a plenos pulmões. Mas... reclamar com quem? Quem é o verdadeiro causador de toda a confusão? A resposta pode parecer simples, mas se mostrará bem mais complexa do que aparenta ser...

  • Pasta_maker.jpg
    O valor da mão na massa

    Era da informação é diferente de era do conhecimento. Hoje a informação é uma realidade pulsante: imagens, vídeos e notícias se espalham de maneira praticamente instantânea pelo globo. Mas e então? O que de fato aproveitamos dessa grande bola de neve a nos comprimir mais a cada segundo que passa? Saber o que fazer com esse monstro cotidiano faz parte do essencial desenvolvimento de nossa capacidade crítica. Pois enquanto a avalanche de informações soterra, o conhecimento liberta.

  • A Lua negra.jpg
    A lua negra

    O herói e o monstro são duas faces opostas da mesma moeda da mudança. Seus caminhos são inversos enquanto seus destinos fatalmente se cruzam em algum ponto. Mas e quando você subitamente percebe que você mesmo se tornou esse oponente que tenta combater? Você virou a semente do caos ou o broto da esperança? Muita calma: na verdade ainda vai ser preciso cavar um pouco mais para chegar aos verdadeiros semeadores dessa bagunça...

  • Borobudur-perfect-buddha.jpg
    Lições para tentar outra vez

    Há o tempo de semear e o tempo de colher. Tudo tem de passar por seu período de amadurecimento. Só que o mundo atual cada vez mais exige que se nasça pronto. Nós domamos a natureza e fazemos os seus ciclos respeitarem as nossas urgentes vontades. Isso pode causar um tufão do outro lado do planeta, mas ainda assim não arredamos pé. E fazemos ainda pior entre nós mesmos. O corpo igualmente dá os seus avisos, mas é preciso dar ouvidos ao que muitas vezes não se quer escutar...

  • You_have_3_wishes.jpg
    A Mega-sena e o Gênio da Lâmpada

    Andar com fé eu vou, que a fé não costuma falhar! Não tem música melhor para se fazer uma fezinha. Pois se até o Aladdin achou do nada uma lâmpada mágica por que é que eu também não posso simplesmente ganhar na Mega-sena? Os sheiks árabes que me esperem, vão só comer grãos de areia de deserto atrás das minhas aladas sandálias de ouro. Quer dizer, isto se sobrar alguma coisa depois de eu comprar todos os oásis que estou imaginando...

  • Moss_on_tree_2.jpg
    Entre mapas e estacas

    É um 6? Não, é um 9!
    É de chocolate? Não, é de cacau industrializado!
    Está frio porque está ventando? Não, está ventando porque está frio!
    Pois é, nunca dá para agradar a todos. Opiniões divergentes estão agora mesmo pulsando, explodindo, colidindo ferozmente umas sobre as outras para provar quem é a mais forte nessa apocalíptica batalha dialética. Só que muitas vezes nenhum dos lados está de fato errado: é apenas um enfoque diferente sobre a mesma coisa. Se toda unanimidade é burra, vamos mandar um viva para a guerra dos opostos que se completam!

  • Feijão.png
    O pálido ponto azul

    Eis a nossa Terra: nobre, altiva. Deslumbrante em todo o seu fulgor. O que poderia ser capaz de arruinar essa ordem tão esplendidamente bem orquestrada? Não muito perante os nossos minúsculos pontos de vista. Mas não pouco para galáxias e mais galáxias rodeadas por meteoros, buracos negros e outros perigos inimagináveis pelo espaço sem fim. Não, não precisa haver paranoia de que o mundo irá acabar amanhã. Mas ainda assim é preciso viver como se assim fosse.

  • 'The_Scream',_undated_drawing_Edvard_Munch,_Bergen_Kunstmuseum.jpg
    O Destino do Lobo

    O vento soprou contra a alcateia, apurando os sentidos dos lobos. Para quê? Só relembrar aquilo de que já suspeitavam: as suas presas estavam mais disputadas, os seus caçadores tinham se desenvolvido e ganhado novos truques. Qual mágica o grupo de animais poderia fazer? A concorrência aumentou e isto era um fato.
    Ventos agourentos que fazem estremecer de medo... Onde estão os ventos adventos que permitem vislumbrar a oportunidade? E qual não é a surpresa ao se perceber que ambos faziam parte daquele mesmo vento que soprou.