questionando histórias

Pois quem nos move são as nossas perguntas

Leandro Dupré Cardoso

Se você leu até o final eu lhe agradeço. É um bom sinal cujo real caminho desconheço. Mas espero que, afinal, ele te leve a um novo começo.

Mensagens Literais

Querer é poder. Mentalizar o progresso é o primeiro passo para o avanço em si. Tudo começa no pensamento, nas palavras que você escolhe para te acompanhar ao longo do trajeto. As palavras que mais cultivamos são as que fazem vibrar a personalidade do nosso espírito. Pois a vivacidade do mundo externo nunca deixa de ser reflexo do pulsar interno da alma.


handwriting-1362879_1920.jpg

Vamos começar com um teste rápido, quero ver se você consegue: preciso que você pare um pouco, respire e... Não pense em um elefante!

E aí, conseguiu?

Acho que não, não foi? Consegui ver daqui as orelhas desse elefante.

É um dos princípios da programação neurolinguística: nosso cérebro não entende bem a palavra “não”. Por isso, frases que podem soar incentivadoras como “não fique triste” ou “você não está só” podem adquirir um efeito oposto.

Ao escutar as palavras “triste” e “só”, o cérebro resgata justamente mais imagens associadas a essas palavras como “estar cabisbaixo”, “amargura”, “solidão”. Mesmo inserindo a negação na frase, o que fica de fato registrado é a imagem provocada pelo núcleo da frase. Nesses casos, o ideal geralmente é alterar esse núcleo ao invés de inserir uma negação, reformulando as respectivas frases para, por exemplo, “mantenha-se alegre” ou “estou aqui junto com você”.

Essa situação mostra que nosso raciocínio funciona por meio de associações causadas pelas palavras que nos deparamos. É esse o motivo para sempre utilizarmos as palavras com cautela. Elas podem estimular imagens e sensações que nem imaginamos. As palavras têm poder.

Estudos da Universidade de Harvard em 2012 mostraram que pessoas que mantêm o pensamento positivo possuem menos risco de derrames e problemas cardiovasculares. Essas pessoas geralmente adquirem hábitos mais frequentes de preservação da saúde, praticando mais exercícios e adotando dietas mais balanceadas.

Além disso, os pensamentos do cérebro também variam a secreção de hormônios no corpo. Continuados períodos de irritação e tristeza podem levar à produção demasiada de cortisona, que diminui as resistências do sistema imunológico e deixa o organismo mais propício à entrada de doenças.

young-woman-2699780_1920.jpg

Não podemos enganar a nós mesmos: mesmo as mensagens presentes nos confins do cérebro podem nos afetar. Pode ser que ninguém conheça os nossos maiores segredos, mas o fundo da nossa consciência sabe.

E se apenas as palavras dos pensamentos já são capazes de influenciar tanto o nosso corpo, imagine as palavras realmente pronunciadas? O peso é muito maior.

Tudo que tem poder gera consequências. Assim como a magia, que pode afetar tanto para o bem quanto para o mal. Tudo depende da forma como esse poder é utilizado. Cultivar uma mentalidade otimista e grata é mais do que benéfica à saúde: as palavras são transformadoras de um destino.

fortune-telling-1989579_1920.jpg

Por isso, é preciso vigiar. A palavra dita ou pensada nunca mais volta. Contudo, a mente do presente pode ser preparada e cuidada para manter reações mais positivas diante de problemas. É treino, é prática. Não é um resultado que se vê de imediato, mas que se constrói aos poucos até enraizar-se em nosso modo de pensar e passar a fluir naturalmente. Até que recebamos para nós exatamente aquilo que oferecemos ao mundo.

Enxergar a beleza dos pequenos gestos, agradecer com sinceridade por aquilo que possui, valorizar as virtudes, focar as energias sobre aquilo que lhe faz mais sentido e que gera melhores frutos. Tudo isso é válido. E, mais ainda, manter sempre a esperança de que os pequenos pensamentos positivos de hoje irão materializar um destino melhor num futuro próximo.

https://olgalustosa.com/2018/08/05/nao-pense-num-elefante/

http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2012/04/pensamento-positivo-protege-o-coracao-segundo-pesquisa.html

https://super.abril.com.br/historia/pensamento-positivo/


Leandro Dupré Cardoso

Se você leu até o final eu lhe agradeço. É um bom sinal cujo real caminho desconheço. Mas espero que, afinal, ele te leve a um novo começo. .
Saiba como escrever na obvious.
version 2/s/artes e ideias// @obvious, @obvioushp //Leandro Dupré Cardoso