rasgando script

na medida do impossível, vou improvisando.

Juliana França

Rasguei o velho script e escrevo todo dia um novo capítulo.
"Vem comigo... no caminho te explico"*.

*Cazuza

Quando tudo acaba mal, de quem é a culpa?

O amor materno é um mito! Não nasce com a mulher. Não nasce junto com um filho. Nessa história, a metáfora quase exagerada (se de fato já não tivéssemos escutado tantas vezes histórias assim na TV) traz a cegueira frente aos confrontos emocionais como a maior cúmplice da desgraça.


Blog_Precisamos-falar-sobre-Kevin.jpg

"Precisamos falar sobre o Kevin", baseado no livro de Lionel Shriver é um filme que utiliza-se da narrativa desorganizada para provocar em nós a angústia da história de Eva e Kevin,uma tragédia anunciada.

As dores dilacerantes de vivências de abandono e rejeição, passados de uma geração para a outra...

mae kevin 2.jpg

Os gritos de socorro de uma criança não desejada que foi lançada rispidamente no vazio amargo do desamparo da rejeição, tornam-se cada vez mais altos e ao mesmo tempo inaudíveis. Nos deparamos também com o mito do amor materno.

Precisamos-falar-sobre-o-Kevin.jpg

Eva, a mãe de Kevin, é a principal espectadora do efeito reflexo de ódio e desamparo que Kevin expressa todo tempo.Uma "empatia" completamente míope dos pais de uma criança cujo pedido é somente de ser vista!

diaologo kevin e mae.jpg

Existe uma impossibilidade tamanha de uma mãe que não sabe dar o que provavelmente nunca recebeu...

E no fim ela pergunta: - "Kevin, eu quero que você me diga por quê!" E ele responde: - "eu achava que sabia, mas já não sei...".

Diante do indizível e intraduzível, se abraçam de uma forma quase cúmplice... Enfim sós... e infelizes para sempre! (eu diria!)

kevin acido.jpg

Fale mal ou fale bem, contanto que fale de mim!

QUANDO Vamos falar sobre o kevin???

Thumbnail image for kevin (1).jpg


Juliana França

Rasguei o velho script e escrevo todo dia um novo capítulo. "Vem comigo... no caminho te explico"*. *Cazuza.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/cinema// @destaque, @hplounge, @obvious, @obvioushp //Juliana França