Esculturas voadoras

A escultora inglesa Celia Smith cria em arame pássaros que nos fazem voar a outras dimensões.


Numa altura em que "reutilizar" se torna, a cada dia, mais fundamental, o reutilizar traz-nos a arte em formas inesperadas e cada vez mais originais. A inglesa Celia Smith pega em cabos de telefone, cobre ou ferro e cria desenhos tridimensionais que têm em comum uma capacidade voadora e transcendente que nos eleva alguns metros acima da supefície da terra.

Para aqueles que estejam interessados em aprender como dar asas a cabos velhos, Celia Smith partilha a técnica e oferece worshops de cabo. Um trabalho maravilhoso que pode ser apreciado em fotografia, ou em várias exposições pela Europa.

celia-6.jpg

celia-5.jpg

celia-7.jpg

celia-2.jpg


version 1/s/design// @destaque, @obvious //ana bernardo