resumindo e substituindo o mundo

Um espaço para comunicação e expressão sob todas as formas

Marina Baitello

Sou observadora de vidas. A vida não é o que lhe acontece, mas aquilo que se recorda e a maneira como se recorda. A vida é um monte de acasos que fazem sentido... Escrevo apenas olhando.

UM DIA ME APAIXONEI PELO MEU MELHOR AMIGO

Basta estar vivo para se apaixonar de repente, sem querer, por uma pessoa linda bem pertinho de você: seu melhor amigo... O que fazer com a mais antiga rasteira do coração? Tudo ou nada... Viver é o melhor remédio no tudo ou no nada.


marriage-1880258_1920.jpg

Não adianta esbanjar maturidade e um monte de coisas que você já discutiu com seu analista, pois em matéria de sentimento somos todos infantis e reagimos como podemos frente a um amor que aparece. Se o amor apareceu? Sim, apareceu, e de uma forma ridiculamente óbvia e natural como todo amor puro e simples deve ser. Primeiro vivi anos a fio por mim, com amigos, amores de mentirinha e, essa coisa de paixão, amar de verdade, era um “projeto”, uma “coisa” para depois, se é que podemos chamar assim, para quando eu decidisse que queria alguma coisa “para valer”, bem longe… Tudo ilusão de menininha… Pode colocar aí 35, 40, 50 anos e qualquer pessoa está sujeito a amar, principalmente se não está procurando ninguém especificamente na vida. Nunca existe uma única razão para amar alguém, amamos por razões que sabemos e por razões que não sabemos, por conhecer a pessoa que se ama e por conhecer a si mesmo. Quando amamos muito, amamos por muitas coisas e procuramos menos rótulos e explicações.

O amor apareceu e seria uma maravilha se eu não tivesse justamente acertado meu melhor amigo… Amamos quem amamos e não quem queremos amar e esta catástrofe sentimental é tão óbvia que chega até a irritar. O melhor amigo é justamente a pessoa mais fácil de amar muito oras! Ele é o amigo que gosta das coisas que você mais gosta; é a pessoa que fala com você de forma aberta e desarmada e que permite que você desnude sua alma; você consegue gostar mais ainda deste amigo, que já não é somente amigo, pelos seus defeitos mais grosseiros e não por suas qualidades; ele é a pessoa que faz você sentir saudades e ter prazer em contar as coisas mais ridículas da vida com leveza; é para esta pessoa que você deixa para contar seus piores defeitos e falhas; é aquele que não deixa você ter medo de errar e, mesmo que você erre, ele ainda está ali… Este tipo de amizade é leal e constante e emite poucos julgamentos de valor. Um melhor amigo socorre no minuto zero do seu problema e o faz de graça mesmo, sem pensar em pormenores (estes ele estuda depois e ajuda você com calma).

young-woman-2239269_1920.jpg

Um melhor amigo permite que você pense em voz alta, falando bem baixinho ou aos berros, falando grandes verdades ou as maiores besteiras deste mundo. Se pararmos para analisar, você ama esta pessoa por definição, mas entendo este passinho sentimental a mais que ocorreu comigo e já aconteceu com quase todo mundo uma vez na vida. Sócrates estava certo ao afirmar que o amigo deveria ser como o dinheiro, cujo valor já conhecemos antes de termos necessidade dele. O melhor amigo já foi mais que conhecido e reconhecido; foi aprovado com todos os “senãos” que poderiam existir na vida. Sempre admiramos mais quem não conhecemos direito, temos a tendência a julgar as pessoas superficialmente, vendo apenas a boa persona do mundo. O melhor amigo, contudo, já é muito admirado mesmo visto por uma lupa, antes de ser amado; o melhor amigo é conhecido e nasce um sentimento de tamanha clareza que permite a certeza de que na infelicidade você irá certamente ao encontro dele e na felicidade você estará pronto para recebe-lo para comemorar.

pair-2028133_1920.jpg

Amizade mesmo é um artigo raro, coisa de muito antigamente, uma categoria de graça. Por isso toda a ilusão de amizade merece ser destruída e não é por acaso que muita gente se queixa de nunca ter sido amado... Desejar escapar à solidão é uma covardia e sempre e destrói sentimentos e vivências lindas e puras como esta que escrevo. A amizade não se procura, não se imagina, não se deseja; exercita-se (é uma virtude). Abolir toda esta margem de sentimento, impura e enevoada, é desarmar-se e viver o que deve ser vivido sem medo.

Quem nunca se apaixonou por um amigo nunca teve um bom e verdadeiro amigo como o meu. Amizades verdadeiras não são desejadas simplesmente, acontecem espontaneamente, gratuitamente e, com muita sabedoria, cultivamos. Abraham Lincoln colocou sabiamente que os estranhos são amigos que você ainda não conhece e, sendo assim, todos na face da Terra terão a sua vez.

danbo-1863345_1920.jpg

E como se sabe que está amando uma pessoa que já se gostava muito?

Existe um momento da vida que você está cheio de problemas e você está simplesmente encrencado por todos os lados, mas se importa muito mais com o mínimo sinal de seu “amigo”. Se antes você trocava mensagens, mails e telefonemas com este “amigo” e sua vida corria linearmente, um belo dia você percebe que parou de almoçar para ler a odisséia que seu “amigo” está te mandando via mensagens no telefone… Quem não é desta geração que não vive sem smartfone, pode se perceber digitando mensagens por horas sem se irritar… Este amigo passa fazer com você faça as coisas mais chatas do mundo com gosto e diversão. Cada pormenor de uma rotina que era comum torna-se dramático e causa sobressalto imenso. Você já viveu o vive isso? O amor aconteceu com você então e aconteceu comigo também. Você percebe que está amando tanto esta pessoa que se chama AMIGO, que perdoa tudo, tenta ser uma pessoa melhor e pensa nele nos momentos mais duros de sua vida. É o momento que você percebe que o AMIGO é um AMOR pois na maior desgraça e mesmo longe dele você pensa nele e… RESPEITA.

woman-1897165_1920.jpg

Quando meu AMIGO virou AMOR aconteceu o fenômeno mundial do questionamento: O QUE EU FAÇO AGORA?

Para variar o AMIGO SEMPRE tem namorada e você SABIA disso! Este detalhe é muito revoltante mas é também um fenômeno mundial. Eu, pessoalmente, espero que, quando meu AMIGO descobrir que virou um AMOR, eu esteja morando em Plutão… É uma encrenca mesmo, mas não se iluda: se você está vivendo, viveu ou viverá isso, seu amigo vai saber com você na Terra ou em Plutão… Afinal ele é o melhor amigo e vai perceber seu limite na capacidade de ocultar um sentimento puro e forte para ele.

O que eu desejo profundamente para meu AMOR chamado AMIGO é toda felicidade do mundo pois penso que não há nada mais triste do que ver quem amamos morrer por dentro ao nosso lado. Eu pretendo estar lá em Plutão e respeitar o livre arbítrio de meu AMIGO/AMOR. Todos são indiscutivelmente livres para tudo e, se você ama tanto esta pessoa, aceitando este AMIGO como ele é, deve aceitar tudo o que ele decidir. Esta é a parte difícil de amar: ceder, respeitar e entender qualquer que seja a decisão de vida de AMIGOS, AMORES ou ilustres desconhecidos mesmo.

É verdade que o amor quer possuir, tornando posse de algo que não pode ser de ninguém por definição - uma pessoa. Quanto maior a capacidade de entrega e de liberdade maior o amor, maior a certeza que realmente se ama alguém e não se deseja seu AMIGO como posse ou troféu, fruto de uma paixonite passageira ou de um sentimento infantil de carência e necessidade de “alguém” (seja quem for… Neste caso você está destruindo uma amizade e embaralhando os sentimentos com uma pessoa de grande valor em sua vida).

Esse amor que parece coisa de adolescente não tem nada de adolescente - amar muito um amigo é nada mais que gostar além de uma pessoa que você já gosta muito e tratam-se de sentimentos genuínos. Não estamos discutindo uma empolgação por alguém que você se esbarrou na noitada de ontem, mas sim de uma relação onde existe uma história, uma série de conversas, momentos que você riu, momentos que você se esforçou para fazer seu AMIGO rir e momentos que ambos choraram e estavam ali para partilhar esse momento também. Este tipo de amor, que acontece, correspondido ou não, é a melhor parte de nós e, na verdade, é lindo que seja dirigido a uma pessoa tão importante. Mesmo que eu ou você nunca estejamos para sempre como gostaríamos com este AMIGO ou AMIGA, amar de forma limpa e profunda uma pessoa com este status em sua vida, só pode fazer com que sejamos pessoas melhores, apesar de algumas lágrimas, que acontecem sempre no amor - outro fenômeno mundial - seja por tristeza, por raiva ou por felicidade.

be-1357827_1920.jpg

Mas o que faço para me curar desse AMOR se o jeito for esse?

Não há segredo para curar sentimento, principalmente dor, infelicidade, saudade ou falta. Cura-se uma dor apenas vivendo e aceitando a existência dela em você. Não há receitas ou meias palavras, apenas aceite o que está acontecendo e viva pacientemente até cansar e perceber que já se superou tudo. Não evite, não postergue, não ponha pessoas para curar a falta de outras. Viva o sentimento sem prolongar a dor e uma hora se entenderá inteiro.

Não culpe seu AMIGO nem a você mesmo, simplesmente aceite e viva este amor que não aconteceu. Talvez você precise ir para Plutão por uns tempos e deixar esta pessoa querida em paz, porém nem sempre isto é necessário. A “amizade é um amor que nunca morre” (Mário Quintana) e seu AMIGO/AMOR pode voltar a ser só amigo novamente e a vida segue até outro AMOR atropelar nossos caminhos e deliciosamente nos obrigar a ter 15 anos de idade.

butterfly-1278815_1920.jpg

Boa Sorte a todos e lembrem que, seja qual for o desfecho, amar de verdade é bom, não acontece a todo momento e é simples e lindo como os lírios do campo. “Considerai os lírios do campo. Eles não fiam nem tecem e no entanto nem Salomão em toda sua glória se cobriu como um deles.” (Erico Veríssimo - “Olhai os Lírios do Campo”).

happy-2220481_1920.jpg

“Aquilo que provamos quando estamos apaixonados talvez seja o nosso estado normal. O amor mostra ao homem como é que ele deveria ser sempre.” Anton Tchekhov


Marina Baitello

Sou observadora de vidas. A vida não é o que lhe acontece, mas aquilo que se recorda e a maneira como se recorda. A vida é um monte de acasos que fazem sentido... Escrevo apenas olhando..
Saiba como escrever na obvious.
version 4/s/sociedade// @obvious, @obvioushp //Marina Baitello
Site Meter