revesgüette

música, cinema e vírgulas

Guilherme Fernandes

go ahead, make my day!

Inside Llewyn Davis: a balada de um homem comum

"Inside Llewyn Davis" é um filme sobre o idealismo de um cara que luta para que as coisas deem certo do seu jeito. Está meio deslocado na pasteurização contemporânea, mas não deixa de ser um ótimo exemplo sobre artistas que não fazem concessões e que não se limitam pelos perfis constituídos pelo mercado.


As primeiras cenas de "Inside Llewyn Davis", nova empreitada dos Irmãos Coen, dão a tônica do que vai ser o filme, dialogando com toda cinematografia da dupla de queridinhos da academia: o homem comum. Ethan e Joel Coen produzem obras fascinantes que perpassam as rotinas banais e os sonhos frustrados dos seres humanos normais.

Inside-Llewyn-Davis.jpg

Os protagonistas dos Irmãos Coen podem ser o seu vizinho carrancudo, seu barbeiro, aquele seu tio meio doido, ou, quem sabe, você mesmo. A normalidade torna-se obra-prima nas mãos de quem sabe lidar com ela. E os Irmãos Coen são mestres na arte de dar relevância ao banal e voz aos derrotados.

O filme conta a história de Llewyn Davis, artista folk que tenta, à sua maneira, conquistar seu espaço. Mesmo espaço que vem sendo tomado por cantores empolados, duplas sem alma e criadores de jingles e sucessos instantâneos.

Inside-Llewyn-Davis 3.jpg

No entanto, Llewyn Davis é um artista pronto. Talentoso, sensível e de uma musicalidade absurda, não faz concessões. E como todo ser humano que não faz concessões, sobre as consequências pela sua inflexibilidade. Seja na canção de sucesso que tocou e abriu mão dos royalties para receber o dinheiro na hora, seja na tentativa de saber para onde serão seus próximos passos.

Nada parece dar certo no mundo de Llewyn Davis. E quando falo "nada" é realmente "nada". Múltiplas oportunidades batem à porta de Davis, que, mantendo-se firme em suas convicções – muitas vezes com rompantes psicóticos e completamente descompensados –, joga tudo no lixo e procura mais um sofá para passar "um ou dois dias".

Inside-Llewyn-Davis 0.jpg

Llewyn Davis toma porrada atrás de porrada e mesmo assim se mantém de pé, contando com a sorte – e alguns bons anjos pelo caminho –, esperando o dia em que a sua música será ouvida para além das espeluncas que costuma tocar. Se ao menos ele tivesse entrado à direita, talvez os sorrisos pudessem ser mais constantes. Mas ele preferiu seguir reto, em busca de um sonho que, vez ou outra, ele mesmo desacredita.

Falar sobre a direção dos Irmãos Coen é desnecessário. A sensibilidade que levam para as telas é impressionante. Sem um grande clímax, é claro. Afinal, seres normais tem trajetórias normais, sem muitas alegrias ou momentos de emoções fortes. E Llewyn Davis é um homem normal. Um cara que nunca sabe qual será o seu próximo passo. Não sabe para onde vai, onde irá dormir e quando irá receber algum dinheiro. Um homem que vive o caminho que escolheu viver, e, por mais que se frustre e reconheça que talvez tenha escolhido a estrada errada, segue em frente.

Méritos também a Oscar Isaac, no melhor papel que já recebeu em sua carreira – e irá receber – não decepciona. Também músico, Isaac tocou de verdade seu violão e literalmente deu voz à Llewyn Davis, humanizando um ser que poderia causar revolta ou pena tamanha calmaria e estoicidade. Isaac consegue fazer com que Davis seja um personagem apaixonante que você, por mais que condene suas atitudes, acaba torcendo para que no final dê tudo certo em sua errática trajetória.

Inside-Llewyn-Davis 2.jpg

"Inside Llewyn Davis" é um filme sobre o idealismo de um cara que luta para que as coisas deem certo do seu jeito. Um filme sobre um artista que não faz concessões, que não se limita ou valora pelos perfis constituídos pelo mercado.

Está meio deslocado na pasteurização e bundamolice contemporânea, óbvio. Talvez, por isso, sequer foi lembrado para as categorias principais do Oscar. Afinal vivemos na época em que o mertiolate não arde mais e qualquer merdinha consegue sucesso, desde que saiba dançar a música certa e rebolar gostosinho até o chão.

Filme: Inside Llewyn Davis - A Balada do Homem Comum

Título Original: Inside Llewyn Davis

EUA , 2013 - 105

Direção: Ethan Coen e Joel Coen

Roteiro: Joel Coen e Ethan Coen

Elenco: Oscar Isaac, Carey Mulligan, John Goodman, Justin Timberlake, Ethan Phillips, Robin Bartlett, Jerry Grayson, Jeanine Serralles, Adam Driver, Stark Sands, John Goodman, Garrett Hedlund


Guilherme Fernandes

go ahead, make my day!.
Saiba como escrever na obvious.
version 1/s/cinema// @destaque, @hplounge, @hp, @obvious, @obvioushp, @obvious_escolha_editor //Guilherme Fernandes